No Reino Unido as restrições para a Covid podem durar pelo menos seis meses

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Área de pasto cresceu 200% na Amazônia nos últimos 36 anos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


31 Março 2020

Seis meses: as restrições anti Covid no Reino Unido poderiam durar tanto tempo assim. O que significa pelo menos até o outono.

A informação é de Luciana Grosso, publicada por Business Insider, 30-03-2020. A tradução é de Luisa Rabolini.

Quem afirma isso foi a vice-diretora do sistema de saúde, Jenny Harries, durante uma conferência de imprensa em Downing Street, na qual foi tratado sobre os tempos estimados como necessários para a resolução da crise:

“As atuais medidas restritivas durarão três semanas. Se formos bem-sucedidos, teremos achatado o topo da curva, o que seria excelente, mas isso não significa que podemos retornar imediatamente ao nosso modo de vida normal. Seria bastante perigoso. Se pararmos, todos os nossos esforços teriam sido desperdiçados e poderíamos ver um segundo pico. Por esse motivo, só poderemos remover gradualmente as medidas de afastamento social".

Por isso, a estimativa da diretora-adjunta é de" três semanas imediatamente. Depois, dois ou três meses para verificar se a contenção é estável e, em seguida, um período de três a seis meses para entender como e de que maneira voltar à normalidade".

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

No Reino Unido as restrições para a Covid podem durar pelo menos seis meses - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV