Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


 

 

Mais Lidos

Publicações

  • Cadernos IHU ideias

    312º - O Desespero Inconsciente de Kierkegaard: melancolia, preguiça, vertigem e suicídio

    Autor: Paulo Abe

    Acessar PDF
  • Cadernos IHU ideias

    311º - Aprendizados no campo da metodologia de orientação acadêmica

    Autor: Faustino Teixeira

    Acessar PDF
  • Cadernos IHU ideias

    310º - A imagem do pobre nos filmes de Pasolini e Glauber como chave para compreender a ação do capitalismo

    Autor: Vladimir Lacerda Santafé

    Acessar PDF

A virada profética de Francisco – Uma “Igreja em saída” e os desafios do mundo contemporâneo

Edição: 522

Os cincos anos do pontificado de Jorge Mario Bergoglio, o papa Francisco, são o tema do XVIII Simpósio Internacional IHU. A virada profética de Francisco. Possibilidades e limites para o futuro da Igreja no mundo contemporâneo, realizado entre os 21 e 24 de maio de 2018, na Unisinos – campus Porto Alegre. A revista IHU On-Line desta semana reúne diversos especialistas em temas relacionados com as religiões e as igrejas no mundo contemporâneo.

Judicialização da política e da vida dos cidadãos. A democracia e o Estado de Direito em tensão

Edição: 494

A judicialização da política e da vida dos cidadãos e das cidadãs no Brasil contemporâneo é o tema em debate na edição da revista IHU On-Line desta semana. O que está em pauta, mais precisamente, é a tensão entre a democracia e o Estado de Direito, ou seja, entre a política e o direito. Pois, como afirma uma das entrevistadas, “a democracia não se reduz ao Estado de Direito. A democracia não pode ser confundida simplesmente como o regime da lei e da ordem, mas da lei, da ordem e dos conflitos”.

Pier Paolo Pasolini – Um trágico moderno e sua nostalgia do sagrado

Edição: 504

O italiano Pier Paolo Pasolini só consegue unanimidade num rótulo: o de espírito indomável. É um artista fluido, que vai da poesia ao cinema, passando pelo jornalismo e pelas artes plásticas. Sua busca por um mundo melhor requer ações de revolucionário, de alguém capaz de se manter livre mesmo tendo sido inscrito num partido político; descrente, mas capaz de reconhecer um Deus humano. Sua obra se tornou uma referência na luta contra qualquer tipo de opressão, ou fascismos. Voltar ao artista italiano num tempo tão belicoso, e de inabilidade de reconhecer o humano no rosto do outro, pode ser inspirador. É a aposta da presente edição da revista IHU On-Line.