Vaticano diz ter desfocado carta de Bento XVI em apoio a Francisco

Revista ihu on-line

Junho de 2013 – Cinco Anos depois.Demanda de uma radicalização democrática nunca realizada

Edição: 524

Leia mais

A esquerda e a reinvenção da política. Um debate

Edição: 523

Leia mais

A virada profética de Francisco – Uma “Igreja em saída” e os desafios do mundo contemporâneo

Edição: 522

Leia mais

Mais Lidos

  • Nos EUA, um depósito de crianças sem documentos

    LER MAIS
  • Trabalho escravo: Fiscais resgatam grupo que levava gado a pé em trecho de 930 km na Transamazônica

    LER MAIS
  • Mulheres são 'substancialmente' incompatíveis? As tentativas de vincular a masculinidade e o sacerdócio falharam

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Março 2018

O Vaticano admitiu que desfocou as duas últimas linhas de uma carta do papa emérito que foram amplamente interpretadas como se Bento XVI estivesse afirmando a teologia do seu sucessor.

A reportagem é de Junno Arocho Esteves, publicada por Catholic News Service, 14-03-2018.

Nas duas linhas, Bento reconhece que não leu os 11 livros da nova série sobre teologia do Papa Francisco que foi convidado a comentar. Ele também diz que não tem tempo para escrever uma avaliação teológica de Francisco como pedido.

Na carta da véspera do quinto aniversário da eleição do Papa Francisco, Bento XVI escreve que é um "preconceito tolo" descrever o Pontífice latino-americano como "apenas um homem prático desprovido de formação teológica ou filosófica específica” e Bento como "um estudioso da teologia que pouco entendia da vida concreta de um cristão de hoje".

Na carta enviada ao Monsenhor Dario Vigano, prefeito da Secretaria de Comunicação do Vaticano, o Papa Bento XVI elogia a publicação da série, intitulada “A Teologia do Papa Francisco”.

“Aplaudo esta iniciativa que se opõe e reage ao preconceito tolo segundo o qual o Papa Francisco seria apenas um homem prático desprovido de formação teológica ou filosófica específica, enquanto eu seria unicamente um estudioso da teologia que pouco entendia da vida concreta de um cristão de hoje”, escreveu ele.

Quando a Secretaria para a Comunicação lançou uma fotografia da carta, ficou evidente que as linhas finais tinham sido escritas para consumo midiático.

Enquanto o Papa Bento XVI afirmou no início da carta que esperava que os 11 volumes colocassem um fim ao “preconceito tolo" contra o Papa Francisco, nas linhas borradas o Papa aposentado dizia que ele não podia escrever uma reflexão teológica completa sobre os 11 volumes porque não os tinha lido e seria fisicamente incapaz de fazê-lo a tempo para a apresentação pública dos volumes.

Mons. Vigano leu a carta durante uma apresentação da série de 11 volumes no dia 12 de março.

A carta completa foi publicada em vários blogues.

Antes de ler a carta, Vigano disse que enviou uma mensagem aos Papas Francisco e Bento XVI sobre a publicação da série.

Também perguntou se o Papa Bento XVI estaria "disposto a escrever uma página ou uma página e meia de teologia densa, em seu estilo claro e pontual, que teríamos o gosto de ler esta noite".

Em vez disso, o pontífice aposentado "escreveu uma carta pessoal linda, que vou ler para vocês", disse o Mons. Vigano.

O Papa Bento XVI agradeceu Vigano por ter dado uma cópia da série "A Teologia do Papa Francisco”, escrita por vários teólogos notáveis.

“Os pequenos volumes mostram com razão que o Papa Francisco é um homem de profunda formação filosófica e teológica e ajudam a ver a continuidade interior entre os dois pontificados, apesar de todas as diferenças de estilo e temperamento”, acrescenta Bento XVI.

O Papa Bento XVI não manteve sua afeição e admiração pelo Papa Francisco em segredo.

Durante uma celebração do Vaticano pelo 65º aniversário de ordenação sacerdotal do Papa Bento XVI, em 28 de junho de 2016, ele expressou sua sincera gratidão ao Papa Francisco, dizendo que sua bondade "desde o primeiro momento da sua eleição, em todos os momentos da minha vida, me toca profundamente".

"Mais do que a beleza dos jardins do Vaticano, sua bondade é o lugar onde vivo; onde me sinto protegido”, disse o Papa Bento XVI.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano diz ter desfocado carta de Bento XVI em apoio a Francisco - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV