População (72)

No último domingo, os brasileiros foram às urnas para eleger o novo presidente, governador, deputados e senadores. O Vale do Sinos ajudou a levar ao segundo turno Eduardo Leite (PSDB) e José Ivo Sartori (MDB), assim como Jair Bolsonaro (PSL), e eleger Luiz Carlos Heinze (PP) e Paulo Paim (PT). Fernando Haddad (PT), que também estará no segundo turno disputando para presidente, não venceu em nenhum município do Vale do Sinos. O Observatório das realidades e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos…
O ensino fundamental incompleto é ainda o corte de grau de instrução que possui o maior número de eleitores e se torna uma característica comum entre os municípios do Vale do Sinos. Apesar da maior escolaridade do eleitorado da região nos últimos anos, o Vale do Sinos possui 48,53% do eleitorado com ensino fundamental incompleto. O Observatório das realidades e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, traçou o perfil do eleitorado que irá…
O desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, na cidade de São Paulo, escancarou a realidade do déficit habitacional no Brasil. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE mostram que só na capital paulista há um déficit habitacional de 358 mil moradias, ou seja, aproximadamente 1,2 milhão de pessoas vivem de forma precária na cidade de São Paulo. No Brasil, mais de seis milhões de famílias ou 20 milhões de pessoas precisam de moradia. O Observatório da realidade e das políticas…
Em um cenário de apresentação de baixo crescimento econômico e populacional, principalmente no Rio Grande do Sul, com reforma trabalhista e previdência afetando a vida dos trabalhadores e trabalhadoras, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou analisar a estimativa populacional nos municípios do Vale do Rio dos Sinos. As estimativas populacionais são referenciais para a elaboração, o controle e o planejamento das políticas públicas.  Eis o texto Entre…
Em um contexto de deliberação de grandes mudanças no país, de ordens distintas e que afetam diretamente a sociedade e as instituições, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou verificar a movimentação anual mais recente das organizações representativas e atuantes a serviço do público nos municípios do Vale do Rio dos Sinos e no estado do Rio Grande do Sul. São exemplos as organizações com objetivo no bem…
Basta uma rápida olhada nos noticiários que, inevitavelmente, ouviremos algo sobre a chamada crise migratória. Em 2016, 65,6 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus locais de origem, segundo dados da Agência da ONU para Refugiados. Mas, atrás da frieza dos números há vidas que, depois de dilaceradas por guerras e conflitos, tentam uma vida melhor longe de casa, da família e da sua cultura. Muitas dessas pessoas vêm de países do continente africano e se arriscam em viagens insalubres. Só neste ano, segundo a Organização Internacional…
Visando à manutenção da descentralização política com a proximidade e participação dos cidadãos na prefeitura, municípios e estado dependem ainda da redistribuição de recursos federais para o planejamento e execução de projetos, tais como obras de infraestrutura, compra de maquinário, incentivos à agricultura e educação, aprimoramento da saúde e mobilidade urbana. Assim, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou elencar os dados do Portal da Transparência para o Painel…
O Índice de Desenvolvimento Socioeconômico – IDESE do Rio Grande do Sul cresceu 1,4% entre 2013 e 2014. O IDESE do estado no ano de 2013 foi de 0,747 e 0,757 no ano de 2014. Esses números indicam que o Rio Grande do Sul possui nível médio de desenvolvimento socioeconômico. O IDESE do Conselho Regional de Desenvolvimento Socioeconômico – Corede do Vale do Sinos cresceu 1,10% também entre 2013 (0,727) e 2014 (0,735), o que coloca o Corede Vale do Sinos na 19ª colocação entre…
O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul – TCE-RS divulgou recentemente os resultados da Avaliação da Transparência na Internet. O estudo visa mostrar de maneira global a situação da transparência nos sites institucionais dos órgãos do Poder Executivo e Poder Legislativo dos municípios do Rio Grande do Sul. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou no sítio do  TCE-RS o estudo e apresenta a seguir…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, ao longo do mês de março acessou os dados reveladores das realidades das mulheres nos municípios do Vale do Sinos. Seguem aqui apresentados os indicadores da violência, vulnerabilidade social, emprego e previdência social, saúde e participação das mulheres na política. Violência As estatísticas mostram que o combate à violência contra as mulheres precisa avançar muito no Brasil, mesmo após quase onze anos…