População (66)

Visando à manutenção da descentralização política com a proximidade e participação dos cidadãos na prefeitura, municípios e estado dependem ainda da redistribuição de recursos federais para o planejamento e execução de projetos, tais como obras de infraestrutura, compra de maquinário, incentivos à agricultura e educação, aprimoramento da saúde e mobilidade urbana. Assim, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou elencar os dados do Portal da Transparência para o Painel…
O Índice de Desenvolvimento Socioeconômico – IDESE do Rio Grande do Sul cresceu 1,4% entre 2013 e 2014. O IDESE do estado no ano de 2013 foi de 0,747 e 0,757 no ano de 2014. Esses números indicam que o Rio Grande do Sul possui nível médio de desenvolvimento socioeconômico. O IDESE do Conselho Regional de Desenvolvimento Socioeconômico – Corede do Vale do Sinos cresceu 1,10% também entre 2013 (0,727) e 2014 (0,735), o que coloca o Corede Vale do Sinos na 19ª colocação entre…
O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul – TCE-RS divulgou recentemente os resultados da Avaliação da Transparência na Internet. O estudo visa mostrar de maneira global a situação da transparência nos sites institucionais dos órgãos do Poder Executivo e Poder Legislativo dos municípios do Rio Grande do Sul. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou no sítio do  TCE-RS o estudo e apresenta a seguir…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, ao longo do mês de março acessou os dados reveladores das realidades das mulheres nos municípios do Vale do Sinos. Seguem aqui apresentados os indicadores da violência, vulnerabilidade social, emprego e previdência social, saúde e participação das mulheres na política. Violência As estatísticas mostram que o combate à violência contra as mulheres precisa avançar muito no Brasil, mesmo após quase onze anos…
No dia 1º de janeiro de 2017 tomaram posse os novos vereadores eleitos no Vale do Sinos. Assim como aconteceu com o número dos candidatos, os vereadores eleitos para o próximo mandato são, na sua maioria, homens, brancos e com idade entre 40 e 59 anos. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE para verificar o perfil dos vereadores eleitos nos…
Ao dar continuidade às análises sobre o processo eleitoral, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE para verificar a evolução do eleitorado entre 16 e 18 anos e acima de 70 anos de idade, entre 1996 e 2016, na região do Vale do Rio dos Sinos. Eis o texto. Percebe-se o desinteresse crescente dos jovens pela participação na política a…
Em 2016, o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, promoveu o edital a fim de dar espaço para pesquisas e/ou experiências na região do Vale do Rio dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre, que contou com a participação de trabalhos que analisaram diferentes realidades a partir de diferentes perspectivas. O trabalho “Uma análise sobre o crescimento populacional e sua distribuição no espaço 'território' no município de Canoas…
Na contramão da queda da representatividade das mulheres na política brasileira e gaúcha, o Vale do Sinos elegeu seis mulheres para comandar as prefeituras dos seus municípios a partir de 2017. Em relação ao pleito de 2012, o número de mulheres eleitas foi de quatro, podendo, no segundo turno de 2016, chegar a sete. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral –…
Eleições 2016 nos municípios do Vale do Sinos alcançam 29,76% de abstenções, brancos e nulos. Na região, destaca-se ainda a ascensão do Partido Progressista - PP, uma vez que obteve 5 prefeituras frente a apenas 1 em 2012. O Partido dos Trabalhadores - PT, que em 2012 possuía 23,78% dos vereadores, passou para 15,85% em 2016 na região. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do…
30 partidos políticos lançaram candidatos ou participam de coligações ao Executivo no Vale do Sinos em 2016. 17 lançaram candidatos e apenas 2 dos 30 não participam de coligações. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul – TRE/RS para verificar as coligações partidárias existentes para o cargo do Executivo nas eleições municipais de 2016 nos municípios do…