De Olho no Vale (288)

Confira as notícias referentes à região do Vale do Rio do Sinos.

A taxa de homicídio de jovens entre 15 e 29 anos no Brasil teve um crescimento de 17,20% entre 2005 e 2015, segundo os dados do Atlas da Violência, pesquisa elaborada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O número de homicídios dessa faixa etária no Brasil foi de 29.489 em 2015. No mesmo período, o Rio Grande do Sul apresentou 1.391 casos de homicídio de jovens entre 15 e 29 anos.  O Observatório da realidade e…

Raio X do emprego no Vale do Sinos em 2016

Sexta, 17 de Novembro de 2017
Com o propósito de delinear os aspectos do mercado de trabalho no útimo ano, a partir dos vínculos empregatícios formais ativos em dezembro de 2016, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, sistematizou os dados mais recentes da Relação Anual de Informações Sociais - RAIS. Pautando os últimos quatro anos, houve uma contração de 9,1% no número de vínculos ativos de 2013 para 2016, o que representa uma queda…
No atual contexto de insegurança sistêmica, a contração do mercado de trabalho reflete no perfil dos trabalhadores, que ainda conseguem se inserir têm maiores graus de escolaridade, submetendo-os a rendimentos médios nas faixas salariais mais baixas. Nesse sentido, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, reuniu dados do Portal da Transparência da Controladoria Geral da União – CGU e da síntese Dataprev, da Previdência Social, sobre as alternativas de…
Para analisar a realidade dos trabalhadores, do trabalho, do emprego e da renda no Vale do Sinos, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU,  reuniu os dados dos vínculos ativos no ano de 2015 da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS e fez-se a comparação com a movimentação do mercado de trabalho no Vale dos Sinos durante o ano de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED.…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, comprometido com o debate das realidades e das políticas públicas considera indispensável reunirmos conhecimentos para a análise dos limites impostos à garantia dos direitos e da proteção social no Brasil. Nesta perspectiva apresentamos aqui o artigo publicado pelo Secretário Adjunto de Desenvolvimento Social de São Leopoldo, Rio Grande do Sul e Militante dos Direitos Humanos, Rodrigo de Mello Castilhos. Eis o texto Os cortes anunciados…
O abandono escolar, a falta de professores e as taxas de reprovação, são alguns dos fatores que interferem na formação educacional. A temática “alternativas de enfrentamento da defasagem idade-série na região do Vale dos Sinos”, foi o objeto de estudo da doutoranda Tatiane Martins, que resultou em um debate promovido no dia 13 de setembro, quarta-feira, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos. A discussão que teve como compromisso contribuir para a resolução de problemas sociais e fomentar o debate acadêmico, contou…
Em um cenário de apresentação de baixo crescimento econômico e populacional, principalmente no Rio Grande do Sul, com reforma trabalhista e previdência afetando a vida dos trabalhadores e trabalhadoras, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou analisar a estimativa populacional nos municípios do Vale do Rio dos Sinos. As estimativas populacionais são referenciais para a elaboração, o controle e o planejamento das políticas públicas.  Eis o texto Entre…
Em um contexto de deliberação de grandes mudanças no país, de ordens distintas e que afetam diretamente a sociedade e as instituições, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - Observasinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, buscou verificar a movimentação anual mais recente das organizações representativas e atuantes a serviço do público nos municípios do Vale do Rio dos Sinos e no estado do Rio Grande do Sul. São exemplos as organizações com objetivo no bem…
Basta uma rápida olhada nos noticiários que, inevitavelmente, ouviremos algo sobre a chamada crise migratória. Em 2016, 65,6 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus locais de origem, segundo dados da Agência da ONU para Refugiados. Mas, atrás da frieza dos números há vidas que, depois de dilaceradas por guerras e conflitos, tentam uma vida melhor longe de casa, da família e da sua cultura. Muitas dessas pessoas vêm de países do continente africano e se arriscam em viagens insalubres. Só neste ano, segundo a Organização Internacional…
O Brasil registrou 28,2 mil homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios (roubo seguido de morte) no primeiro semestre de 2017, conforme a reportagem do Estado de São Paulo do dia 21/08/2017. De acordo com os dados fornecidos pelas secretarias estaduais de segurança pública do país, foram 155 assassinatos por dia, com uma média de seis mortes por hora nos estados brasileiros. As características destas mortes são ligadas ao tráfico de drogas e as vítimas são jovens negros pobres da periferia mortos com armas de…