De Olho no Vale (317)

Confira as notícias referentes à região do Vale do Rio do Sinos.

Na Constituição Brasileira de 1988 foram apresentados os conselhos como instâncias privilegiadas de participação da sociedade na deliberação e no controle social dos direitos e das políticas públicas. Esta experiência de 31 anos amplia a experiência da democracia representativa para a democracia participativa nas esferas federal, estaduais e municipais. Inúmeros conselhos foram criados, com impactos diversos na formação e no exercício político da população e das organizações brasileiras. O fortalecimento destes conselhos é meio para garantir a premissa constitucional do art. 1: todo poder emana do…
Com aproximadamente 17 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes por mês no ano passado, o Vale do Sinos desafia os novos conselheiros tutelares eleitos no dia 06 de outubro. Violência autoprovocada (automutilação) e suicídio também se constituem como enfrentamentos urgentes. Ao total, foram 743 casos de violência, 206 ocorrências de violência sexual, 239 casos de violência autoprovocada. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, coletou e sistematizou…
Neste domingo, 06 de outubro, serão eleitos conselheiros tutelares que atuarão em cada município do Brasil. O voto será secreto, local e facultativo para qualquer eleitor do país. Todavia, a escolha dos novos membros para o Conselho Tutelar definirá a conduta desse órgão frente aos direitos da criança e do adolescente em meio a um contexto de desmonte das políticas públicas.  A nota aqui apresentada tem o intuito de (in)formar a população sobre as funções, o papel dos Conselhos Tutelares, a existência deles na região…
Com um aumento de 11% entre 2002 e 2015 nas atividades de indústrias extrativas e de transformação que podem gerar uma série de danos ambientais, o Vale do Sinos se posicionou como a região com maior índice de potencial poluidor do Rio Grande do Sul. O destaque vai para o município de Canoas que, sozinho, representa 20% do total calculado para o estado. A poluição causada por determinados modos de produção é um tema que merece destaque no debate regional sobre o clima. Ademais, esta discussão…
Dada a atual conjuntura de empobrecimento da população e de desigualdades sociais, repensar o coletivo e as necessidades sociais torna-se essencial para um debate pautado na defesa dos direitos sociais. Em meio a isto, as políticas públicas são instrumentos fulcrais para o enfrentamento das desigualdades postas na realidade dos diferentes territórios, sendo eles manifestados numa região, estado ou país. Neste contexto, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, sistematizou…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, desde o início do ano, tem analisado os indicadores educacionais, da educação infantil à graduação. Na análise desta semana, o ObservaSinos analisa as taxas de distorção idade-série, aprovação, reprovação e abandono dos alunos do ensino fundamental e médio do Vale do Sinos. Eis o texto. A distorção idade-série trata-se da proporção de alunos com mais de dois anos de atraso escolar. No…
Em 2018, quase todos os municípios do Vale do Sinos reduziram investimentos em educação quando comparado com 2017, bem como na área da saúde, entretanto em um número menor de municípios. Além dos cortes nas esferas municipal e estadual, a União congelou os investimentos em saúde, educação e assistência social por 20 anos, além dos indicativos de reformas nestas três áreas.  O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, acessou…

O abismo da moradia

Quarta, 3 de Abril de 2019
Em Autotomia, poema de Wislawa Szymborska, a poetisa encerra o texto com o seguinte epíteto: “O abismo não nos divide. O abismo nos cerca”. A eloquente frase serve como uma luva para descrever o problema da desigualdade no Brasil, que tem na questão da moradia uma importante materialidade de nosso abismo social. São Leopoldo, cidade de colonização alemã, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, está longe de ser uma metrópole nos termos que conhecemos. Em 2010, segundo o Censo, a…

A vida pelo direito a um lar

Quarta, 27 de Março de 2019
Em São Leopoldo, Região Metropolitana de Porto Alegre, mais de três mil famílias enfrentam a luta diária por habitação digna Diante da pergunta “sua casa é precária, regular, boa ou muito boa?”, o que você responderia? A maior parte das respostas das mais de dez mil famílias que vivem em áreas de ocupação em São Leopoldo é a última. A realidade, no entanto, mostra-se um pouco mais complexa. Isso porque pessoas que vivem em habitações de apenas uma peça, construídas com materiais velhos e sucatas classificam…
Dados do Atlas da Violência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA revelam uma realidade alarmante em relação à população jovem: o número de homicídios de pessoas com idade entre 15 e 29 anos aumenta a cada ano. Só no Vale do Sinos, o número de mortes de cidadãos nessa faixa etária aumentou 20% entre os anos de 2003 e 2016. Essa tendência também aparece nos dados relativos ao Rio Grande do Sul e à Região Metropolitana de Porto Alegre. Confira essas informações com…