Nicarágua. Atentado contra a Universidade Centro-Americana - UCA que denuncia a 'irresponsabilidade do atual desgoverno'

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • O psicanalista analisa o "vazio de sentido". "A técnica domina, a política não decide, os jovens consomem e ponto". Entrevista com Umberto Galimberti

    LER MAIS
  • ''Estamos vendo o início da era da barbárie climática.'' Entrevista com Naomi Klein

    LER MAIS
  • Necropolítica Bacurau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

30 Maio 2018

Compartilhamos o comunicado da Universidade Centro-Americana – UCA, universidade dos jesuítas da Nicarágua, ao povo nicaraguense, publicado no dia 27-05-2018. A tradução é de André Langer.

Eis o comunicado.

A Universidade Centro-Americana informa à população que na madrugada de hoje, domingo 27 de maio, exatamente às 00h45min, duas caminhonetes Hylux, com homens encapuzados na caçamba de uma delas, atiraram com um morteiro de uma libra contra os dois vigilantes que cuidavam do portão principal da Universidade, o mesmo que foi atacado e destruído a pedradas no dia 18 de abril passado. Embora não chegaram a ferir ou matar nossos vigilantes, o objetivo era esse, pela carga de pólvora empregada e pela proximidade do tiro.

A Universidade Centro-Americana denuncia este covarde ataque noturno de forças para policiais que, amparadas na impunidade que lhes garante o atual desgoverno, vivem utilizando as horas da noite para amedrontar e assassinar cidadãos inocentes nos bairros da capital e de outras cidades.

A UCA, fiel aos seus princípios cristãos, continuará exigindo o que exige o nosso povo: justiça para as dezenas de assassinados no massacre de abril, que continua em maio; e uma democracia que garanta a toda a população de nosso país a verdadeira paz e o desenvolvimento, hoje em grave risco devido à irresponsabilidade do atual desgoverno.

Manágua, 27 de maio de 2018.

Padre José Alberto Idiáquez, S.J.

Reitor da Universidade Centro-Americana

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nicarágua. Atentado contra a Universidade Centro-Americana - UCA que denuncia a 'irresponsabilidade do atual desgoverno' - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV