Cardeal Parolin: “A vida humana deve ser salva de qualquer maneira”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • In memoriam do teólogo que apostou no “ministro da comunidade” para superar o clericalismo

    LER MAIS
  • Abuso de autoridade na igreja. Problemas e desafios da vida religiosa feminina

    LER MAIS
  • Uma Igreja pobre? Dinheiro, sectarismo e tradição católica. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


01 Julho 2019

À noite, sobre a questão do Sea Watch, o Vaticano se posiciona. "A vida humana deve ser salva de qualquer maneira. Portanto, essa deve ser a estrela que nos guia, todo o resto é secundário", disse o secretário de Estado da Santa Sé, o cardeal Pietro Parolin.

A informação foi publicada por Il Sismografo, 29-06-2019. A tradução é de Luisa Rabolini.

"Acredito que a vida humana deve ser salva de qualquer maneira, isto é. Portanto, essa deve ser a estrela que nos guia, todo o resto é secundário": foi afirmado pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado da Santa Sé, respondendo a jornalistas em Potenza. Parolin respondeu aos jornalistas no final da missa celebrada no último dia da Festa do jornal católico "Avvenire". Suas palavras referem-se ao episódio do navio Sea Watch.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cardeal Parolin: “A vida humana deve ser salva de qualquer maneira” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV