Nicarágua. Para a opinião pública nicaraguense e a comunidade internacional. Nota dos jesuítas da América Latina em apoio à UCA

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Müller também se recusa, na 'TV do diabo', a participar do Sínodo

    LER MAIS
  • Aquele que veio para desconstruir e devastar - Frases dia

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


11 Fevereiro 2020

“Apoiamos plenamente a Universidade Centro-Americana – UCA como entidade universitária em seu trabalho de ensino, pesquisa e serviço social, papel que cumpre com exemplar dedicação desde os tempos em que a Nicarágua era uma esperança para o mundo, e que continua desenvolvendo com total independência, apesar do assédio de que é objeto nos últimos anos”, manifesta-se a comunidade jesuíta da América Latina, nesse triste e deplorável momento vivido na Nicarágua. A tradução é do Cepat.

Eis a nota.

Nós, membros da Companhia de Jesus (jesuítas), por meio da Conferência de Provinciais Jesuítas na América Latina e Caribe - CPAL, e em união com os companheiros apostólicos de mais de mil instituições que formam suas redes de educação, rádio e comunicação, de capacitação social e assistência humanitária, de promoção humana, de pesquisa e desenvolvimento, e de serviços pastorais etc., todas elas inspiradas na missão evangelizadora, diante da campanha de calúnias e agressões sofridas pela Universidade Centro-AmericanaUCA de Manágua em seus estudantes, seus diretores e, em particular, seu reitor: o padre José Alberto Idiáquez, assim como também outras instituições e pessoas ligadas à Companhia de Jesus na Nicarágua, manifestamos mais uma vez, de maneira clara e categórica, que:

1. Lamentamos profundamente que a crise política na Nicarágua continue se agravando e que tenha sido interrompida a possibilidade de diálogo entre o Governo e a oposição, com o consequente aumento do sofrimento do povo nicaraguense;

2. Apoiamos plenamente a UCA como entidade universitária em seu trabalho de ensino, pesquisa e serviço social, papel que cumpre com exemplar dedicação desde os tempos em que a Nicarágua era uma esperança para o mundo, e que continua desenvolvendo com total independência, apesar do assédio de que é objeto nos últimos anos;

3. Afirmamos que, cumprindo sua principal função social, que é a de ser casa de sabedoria e convivência humana, a UCA demonstra absoluto profissionalismo no exercício de suas funções de ensinar, pesquisar e servir em função do bem comum de todo o povo nicaraguense e de respeito pelas liberdades fundamentais de todos os cidadãos;

4. Denunciamos, de maneira firme e mais ampla possível, diante da opinião pública e dos organismos nacionais e internacionais, o constante assédio financeiro, econômico e físico que a UCA tem sofrido nos últimos tempos;

5. Denunciamos, particularmente, a mentirosa e caluniosa campanha midiática de ódio que, com a complacência do governo, se desenvolveu na última semana contra a UCA, os jesuítas, seus colaboradores e, em particular, o Pe. Idiáquez, a quem apoiamos totalmente em seu serviço;

6. Responsabilizamos o Sr. Daniel Ortega e a Sra. Rosario Murillo pela segurança, a vida e a integridade da UCA e de cada um de seus membros, sejam estudantes, acadêmicos ou diretores, e particularmente pela integridade e vida do Pe. José Alberto Idiáquez, Reitor da UCA.

“Bem-aventurados os que trabalham pela paz, porque serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque o Reino de Deus lhes pertence” (Mt 5, 9-10).

Assinam essa nota:

Roberto Jaramillo, S.J., Presidente da CPAL;

Rolando Alvarado, S.J., Superior Provincial da América Central;
Gustavo Calderón, S.J., Superior Provincial do Equador;

José Francisco Magaña, S.J., Superior Provincial do México;

Javier Vidal, S.J., Superior Provincial de Antilhas;

Rafael Garrido, S.J., Superior Provincial da Venezuela;

Claudio Paul, S.J., Assistente do Padre Geral para a América Latina Sul, Cúria Geral dos Jesuítas, Roma;

Jesús Zaglul, S.J., Assistente do Padre Geral para a América Latina Norte, Cúria geral dos jesuítas, Roma;

Eduardo Silva S.J., Reitor da Universidade Alberto Hurtado, Chile;

Luis Arriaga Valenzuela, S.J., Reitor da Universidade ITESO, Guadalajara e Presidente da Associação de Universidades confiadas à Companhia de Jesus na América Latina – AUSJAL;

Julio Fernández, S.J., Reitor da Universidade Católica do Uruguai;

Patricia Guerrero, Secretária Executiva, AUSJAL;

Francisco José Virtuoso, S.J., Reitor da Universidade Católica Andrés Bello, Venezuela;

Guillermo Prieto Salinas, S.J., Reitor da Universidade IBERO - Torreón, México;

Felipe Espinosa Torres, S.J., Reitor da Universidade IBERO - León, México;

Oscar Castro Soto, Diretor da Tecnológica Universidade do Vale do Chalco, México;

Susana Ditrollio, Secretária Executiva Kircher Network;

Ana Karen, Observatório de Direitos Humanos da Universidade de São Francisco;

Fernando Fernández Font, S.J., Universidade IBERO - Puebla, México;

Mario Patrón, Reitor da Universidade IBERO - Puebla, México;

Luis Felipe Gómez, S.J., Reitor Universidade Javeriana de Cali, Colômbia;

Arturo E. Peraza Celis, S.J., Vice-Reitor da UCAB Guiana – Venezuela;

Fernando Ponce León, S.J., Reitor da Pontifícia Universidade Católica do Equador;

Raimundo Barros, S.J., Diretor Presidente da Rede Jesuíta de Educação do Brasil;

Jose Rafael Núñez, S.J., Reitor do Instituto Politécnico de São Cristóvão, RD;

Enrique Flota Ocampo, Reitor do Instituto Oriente de Puebla, México;

Efrén Guerrero Salgado, Faculdade de Jurisprudência PUCE, Equador;

Santiago Aguirre, Diretor do Centro Prodh, Cidade do México;

Mario Monroy, Instituto Intercultural Ñonho;

Luis E. Bazan, Observatório de Direitos Humanos da Universidade de São Francisco;

Magaly Vásquez González, Secretário Geral, Universidade Católica Andrés Bello (UCAB) - Caracas, Venezuela;

Ángel Lombardi, Ex-Reitor da Universidade Católica Cecilio Acosta (UNICA) e ex-reitor da Universidade de Zulia (LUZ);

Leticia Marius Martínez, Coordenadora, Direção de Identidade e Missão, UCAB – Venezuela;

Erminsu Ivan David Pabón, Diretor do Instituto Maior Campesino, Colômbia;

Francisco Morfin Otero, Diretor do Instituto Superior Intercultural Ayuuk Jaltepec de Candayoc, Oaxaca, México;

Martin Lenk, S.J., Diretor do Fé e Alegria da República Dominicana;

Luis Lozada Gallardo, Presidente Coordenador Nacional de Comunicações - CNC, Peru;

Manuel Ramiro Muñoz, Diretor do Instituto de Estudos Interculturais, Universidade Javeriana, Cali, Colômbia;

Ernesto Camou Healy, Centro de Pesquisa de Alimentos e Desenvolvimento, A. C. Hermosillo, Sonora México;

Emma Paulina Pérez López, Centro de Pesquisa de Alimentos e Desenvolvimento, A. C. Hermosillo, Sonora México;

Fray Héctor Herrera H., O.P, Diretor de Rádio San Martín Arequipa-Peru;

Daniel Villanueva, S.J., Vice-Presidente Executivo da Entreculturas e Alboan, Espanha;

Guillermo Perdomo S.J., Diretor Geral Radio Marién, Rep. Dominicana;

Paul G. Ivorra Peñafort, Delegado de Comunicações Jesuítas Colômbia;

Jorge Eduardo Serrano O., S.J, Tesoureiro Assistente de Desenvolvimento de Recursos, Cúria Geral dos Jesuítas, Roma;

Alfredo Gamio Tavara, Presidente do conselho de associados dos serviços educacionais El Agustino, Lima, Peru;

Manuel Zapata, S.J., Diretor Gumilla Center, Venezuela;

Piero Trepiccione, Coordenação da Rede de Centros Sociais – CPAL;

Ingrid Jiménez, Coordenação de Rede RCS –CPAL;

Carlos Meléndez, Observatório de Universidades;

Yelena Salazar, Observatório de Universidades;

Leonel Herrera, Associação Latino-Americana de Educação e Comunicação Popular – ALER;

Rodrigo Quintero, Diretor do Consórcio para Corporação de Desenvolvimento Comunitário da Colômbia;

Francisco Muguiro, S.J., Vicariato Apostólico S. Francisco Javier – Peru;

Fernando López, Diretor dos Serviços Jesuítas para Refugiados, Equador;

Saúl Cuautle Quechol, S.J., Presidente da Federação Latino-Americana de Colégios Jesuítas, FLACSI, México;

Felipe Carrillo, Secretário Executivo da FLACSI – Colômbia;

Somarick Roca, Administrador da Federação América Latina Fé e Alegria;

Miquel Cortes S.J., Coordenador Regional da Fundação Fé e Alegria América Central;

Claudio Vinicio Solís C., Diretor Colégio Javier, Guatemala;

Antônio Tabosa Gomes, S.J., Diretor Nacional Fé e Alegria, Brasil;

Fernando Anderlic, Diretor Nacional Fé e Alegria, Argentina;

Julio Moreira, S.J. Reitor Colégio Javier da Guatemala;

Kevin Yonkers-Talz, Codiretor do Centro Ignacio Ellacuría, UCA, El Salvador;

Carlos Fritzen S.J., Coordenador Geral da Federação Internacional Fé e Alegria;

Gerardo Lombardi, Coordenador da Rede de Rádio Jesuíta LAC – CPAL;

Franz Bejarano, S.J., Coordenador da Rede de Solidariedade Indígena – CPAL;

Tom Hare, Diretor Associado, Universidade de Notre Dame;

Gerardo Guevara, Coordenador da Escola, Província Centro-América da Companhia de Jesus.

Rosa Prieto Mendoza, Diretora Executiva, CIPCA, Peru;

Blanca Gutiérrez, Responsável chefe de fronteiras da exclusão do Fé e Alegria, Guatemala;

Aarón Santiago León, Professor do Instituto Superior Intercultural Ayuuk.

Jorge A. Ochoa, S.J., Diretor do Centro Inaciano de Espiritualidade, Jesuítas do México;

Alfredo Ferro, S.J., Diretor de Serviços Jesuíta da Panamazônia - Leticia, Colômbia;

Max Michel, S.J., Administrador Província Jesuíta das Antilhas - Diretor Centro Montalvo, Santo Domingo, RD.

María Magdalena Palencia, CLX - Comunidade da Vida Cristã;

Elvy Monzant, Coordenadora da Rede Latino-Americana e Caribenha de Migração, Refúgio e Tráfico - RED CLAMOR;

Carlos Miguel Silva Canessa, Delegado de Justiça Social e Ecologia, Província Jesuíta do Peru;

Xóchitl León Oyarzábal, Centro de Línguas e Culturas, Ibero Torreón, México;

Giannina Olivieri, Diretor Escola de Letras, UCAB, Caracas;

Luis Lauriño, Diretor de docência da Universidade Católica Andrés Bello, Caracas – Venezuela;

Marta Soto, Instituto Hondurenho de Educação por Rádio;

Ismael Moreno Coto, S.J., Diretor ERIC / Rádio Progreso, El Progreso, Honduras;

Luiz Fernando Klein, S.J., Secretário e Delegado de Educação da CPAL;

Mario Serrano Marte, S.J., Delegado da Missão Social, CPAL;

María Teresa Sánchez R., Diretora de Extensão Social Universitária Católica Andrés Bello - Guiana, Venezuela;

Carlos F. Pressacco, Diretor de Educação Continuada, Universidade Alberto Hurtado, Chile;

Oscar Rodríguez, S.J., Coordenador de Rede COMPARTE – CPAL;

Andrea Quintana Ochoa, Colégio Javier Guatemala.

Teresa Rinaldi, Missionária de Maria - Xaveriana, Rede CLAMOR, México;

Luis Ugalde, S.J. Centro de Reflexão e Planejamento Educacional, Venezuela;

Hermann Rodríguez, S.J., Delegado da Missão, CPAL;

Jonas da Silva, Coordenador do CEPAT, Curitiba, Brasil;

Fabricio Alaña, S.J., Reitor do Colégio Javier, Guayaquil, Equador;

Hernando Clavijo, Ced. Id. 7224395, Paraguai;

Néstor Rodríguez A, Ced. 19189652, Colômbia;

Aníbal Ríos, Panamá;

Miguel Ugalde

As assinaturas seguem ...

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nicarágua. Para a opinião pública nicaraguense e a comunidade internacional. Nota dos jesuítas da América Latina em apoio à UCA - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV