População (9)

Inserção de negros entre a população economicamente ativa (PEA), isto é, a população entre 10 a 64 anos, aumentou 3,1% entre 2014 e 2015, enquanto que a taxa de desemprego aumentou com intensidade semelhante para negros (48,2%) e não negros (47,3%). O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, compartilha a publicação da Fundação de Economia e Estatística – FEE sobre a inserção dos negros no mercado de trabalho da…
A população jovem diminuiu percentualmente na Região Metropolitana de Porto Alegre – RMPA, enquanto a população jovem no mercado de trabalho também reduziu-se. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, compartilha a nota publicada pela Fundação de Economia e Estatística – FEE, que tematiza os jovens no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre – RMPA. Eis a nota. Este Informe Especial tem o objetivo de caracterizar…
Como os porto-alegrenses utilizam seu tempo livre? Preferem atividades dentro ou fora de casa? Com que frequência assistem à televisão ou navegam na Internet? Que tipo de peças preferem, com quem costumam ir ao cinema, por que não vão a exposições? Essas são algumas perguntas feitas a moradores da Capital gaúcha, durante a pesquisa Usos do tempo livre e práticas culturais dos porto-alegrenses, ao longo de 1.220 entrevistas domiciliares com pessoas maiores de 14 anos – amostra estratificada segundo sexo, faixa etária e região de residência.…

Os dados da realidade e a informação

Segunda, 18 de Abril de 2016
“Números, números e números... o que são e o que dizem sobre vocês”. Os dados sobre a realidade podem ser importantes instrumentos para melhor conhecer, analisar e intervir na realidade. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE é uma importante referência neste campo, realizando inúmeras pesquisas, cujos resultados estão públicos para o acesso da população e das organizações. Conhecer estas pesquisas, os dados e possibilidades de análise foi o propósito da Oficina “Realidades e Bases de Dados do IBGE”, ministrada por Ademir Barbosa…
Compreender que a realidade local e regional dentro da Região Metropolitana de Porto Alegre difere nos diversos territórios é preciso para a afirmação das políticas locais. Ao analisar-se os 8 municípios da sub-região sudeste da RMPA nota-se, que estes, apresentaram uma melhora significativa em seus índices de desenvolvimento humano, porém mantiveram assimetrias, sobretudo nas áreas de renda e educação. Ampliar a análise e o debate sobre as realidades do Vale do Rio dos Sinos e da Região Metropolitana de Porto Alegre a partir das contribuições…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, reúne as sistematizações de dados e análises feitas durante o ano de 2015 para compor uma nota anual das realidades da região. As notas publicadas semanalmente pelo ObservaSinos nas Notícias do Dia do Instituto Humanitas Unisinos - IHU têm o propósito de subsidiar a análise, o debate e a intervenção nas realidades pela população. Para esta elaboração a equipe do ObservaSinos acessa as bases públicas de dados, elabora…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, acessou os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE referentes à estimativa populacional de 2013 a 2015 para os territórios do país, estado e municípios. As estimativas populacionais são, sobretudo, referenciais para o controle e planejamento das políticas públicas. Para esta sistematização, o IBGE adota a relação entre a população atual, o número de nascimentos e óbitos ocorridos no território em determinado período e o número de imigrantes e…
Os dados censitários são uma preciosa base de informação para subsidiar e promover o debate sobre as realidades, assim como apontar perspectivas para o planejamento, o monitoramento e a avaliação de políticas públicas. O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou essa base, reuniu e sistematizou as informações para a Região Metropolitana de Porto Alegre – RMPA e Vale do Rio dos Sinos – VS sobre as questões relacionadas…
As metrópoles são espaços de vida, expressões de diferentes realidades sociais, econômicas e culturais, em que há a maior concentração de diversidades e intercâmbios entre as cidades. A análise dos arranjos populacionais é importante para a compreensão do fenômeno das metrópoles. Entende-se como arranjos populacionais a forte integração entre dois ou mais municípios. Esta integração ocorre a partir dos movimentos pendulares, que é a necessidade de sair do município de residência para a realização de atividades relacionadas a trabalho e/ou estudo, ou devido à contiguidade entre as manchas urbanizadas,…