De Olho na Metrópole (205)

Confira as notícias referentes à Região Metropolitana de Porto Alegre.

Porto Alegre registrou um índice de perda na distribuição de água de 28,46% em 2017 devido a vazamentos, erros de leitura dos hidrômetros, furtos, entre outros fatores. Isto significa que, para cada 100 litros de água captada, tratada e pronta para ser distribuída, 28,46 litros ficaram pelo caminho. Este desperdício, além de causar ineficiência na cobertura populacional do serviço, fez com que a capital do Rio Grande do Sul deixasse de faturar 36% a mais em 2017.  Estas informações foram extraídas do estudo publicado pelo…
O mercado formal de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre apresentou importantes movimentações no ano de 2018. A região empregou formalmente 1.280.886 trabalhadores, sendo 27% localizados nos catorze municípios da região do Vale do Sinos. Observa-se que quase metade dos assalariados da região metropolitana possuíam ensino médio completo e 47% dos contratados recebiam rendimentos entre 0,50 e 2 salários mínimos. Em contrapartida, o número de contratações entre 2017 e 2018 diminuiu na região do Vale do Sinos: houve uma queda de 4.193 postos de…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, coletou e sistematizou os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE na semana passada acerca das estimativas da população brasileira. Pela data de referência de 1º de julho de 2019, o Brasil tem uma população total de 210.147.125 pessoas. Em 1º de julho de 2018, o número da população era de 208.494.900. O crescimento absoluto da população em…
A queda de 66% na renda gerada pelos investimentos em saneamento entre 2010 e 2017 na Região Metropolitana de Porto Alegre indica o desligamento de mais de 6 mil cidadãos das atividades ligadas a esta política ao longo deste período. Dados como estes, coletados no Instituto Trata Brasil, revelam importantes movimentações no impacto econômico e social que esta retração pode causar na realidade das pessoas direta e indiretamente envolvidas com o saneamento básico, principalmente na geração de renda e na melhoria na qualidade de vida das…
Os dados de saneamento básico da Região Metropolitana de Porto Alegre revelam um precário quadro nas condições de moradia, distribuição de água e tratamento de esgoto. O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, apresenta os primeiros dados sobre esses três temas para a Região Metropolitana de Porto Alegre. Eis o texto. Moradia Com uma população de aproximadamente 4.212.260 habitantes, a Região Metropolitana de Porto Alegre registrou em 2017 uma…
Maior contratação de jovens, cargas horárias mais reduzidas e baixos salários são algumas das características do mercado de trabalho formal na Região Metropolitana de Porto Alegre para o primeiro semestre de 2019.  Dados coletados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados revelam um saldo positivo no número de trabalhadores na região, todavia, há uma queda no número de horas trabalhadas semanalmente. Ademais, 72% dos trabalhadores contratados neste período recebem entre 0,50 e 1,50 salário mínimo, apesar da maior contratação de pessoas com ensino superior completo…
O número de suicídios quase dobrou no Vale do Sinos - VS nos últimos oito anos, a Região Metropolitana de Porto Alegre - RMPA registrou aproximadamente um caso por dia em 2018 e o Rio Grande do Sul - RS contabilizou 1.349 casos em apenas um ano. Esta realidade aponta tendências alarmantes e ao mesmo tempo demanda duas aproximações: uma discussão ampla entre a Sociedade, Famílias e Estado e uma capacidade de formulação de políticas públicas que enfrentem o suicídio e a automutilação. Neste contexto,…
Com os dados do mês de maio de 2019 disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, o Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU , sistematizou algumas importantes movimentações a respeito do mercado formal de trabalho na Região Metropolitana de Porto Alegre. Nota-se que, apesar da maior contratação de jovens, o quinto mês deste ano fechou com um saldo negativo de 2.291 postos de trabalho. Aproximadamente metade…
As políticas públicas se tornam dispositivos de acesso a direitos cidadãos e ao enfrentamento das mais diversas vulnerabilidades presentes em nossa sociedade. Dado que o cenário atual impõe inúmeras adversidades, (re)pensar as políticas públicas no atual contexto, debatendo os principais desafios e possibilidades, torna-se uma tarefa urgente. A institucionalização da austeridade fiscal como paradigma político e corte de gastos no orçamento público para áreas como educação e saúde, impõem a necessidade de uma profunda discussão sobre os impactos destas políticas no cenário brasileiro. Diante deste…
O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos - ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos - IHU, acessou as bases de dados do Atlas da Violência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA para sistematizar as informações acerca dos homicídios no Brasil e no Rio Grande do Sul para o ano de 2017. Ademais, foram analisados os indicadores de violência contra a mulher da Secretaria de Segurança Pública do estado com informações de janeiro a abril de 2019.…