Schönborn: pandemia do coronavírus mudará a face da terra

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Vejo um novo comunismo, distante do comunismo histórico, brotar do vírus”. Entrevista com Slavoj Žižek

    LER MAIS
  • Encontrar um sentido para suportar as adversidades. A sabedoria de Viktor Frankl

    LER MAIS
  • Um tempo de grande incerteza. Entrevista com o papa Francisco

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


25 Março 2020

Esta crise certamente mudará a face da terra”, disse o cardeal Christoph Schönborn como “convidado da semana” da televisão estatal austríaca.

A reportagem é de Christa Pongratz-Lippitt, publicada por The Tablet, 24-03-2020. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O vírus põe em xeque a globalização e levará a uma grande reflexão sobre o nosso atual estilo de vida pessoal e social, enfatizou o cardeal. Teremos que nos tornar mais regionais, sem adotar uma política dos muros, já que a solidariedade internacional é crucial.

Ele está convencido de que a crise do coronavírus fará com que as pessoas do mundo ocidental pensem muito sobre os seus estilos de vida atuais.

“É realmente necessário voar para Londres para fazer compras no fim de semana? Ou passar o Natal nas Maldivas ou nas Seychelles? Os cruzeiros de luxo com até 4.000 pessoas a bordo são realmente um estilo de vida exemplar? O céu sobre Viena nunca esteve tão claro quanto hoje há muito tempo, sem a costumeira fumaça dos aviões”, afirmou. Abrir mão de tais luxos, sem dúvida, seria doloroso, mas seria salutar em longo prazo, refletiu.

Ele apoiou plenamente as medidas rigorosas impostas pelo governo austríaco e a decisão dos bispos do país de adiar todos os casamentos, batizados e outras celebrações sacramentais na Igreja, assim também a decisão de que somente até cinco pessoas podem ser autorizadas a participar de um sepultamento e apenas ao redor do túmulo ao ar livre.

Ele rejeitou as críticas de certos teólogos às missas online ao vivo. Uma situação de emergência exige medidas de emergência, lembrou.

Ele disse estar convencido de que a crise do coronavírus será superada e ponderou: “Quando isso ocorrerá, depende do quanto seremos disciplinados. O governo nos disse centenas de vezes para entrar em contato com o menor número possível de pessoas, para nos distanciar dos outros e para lavar sempre as mãos”.

As medidas muitas vezes foram dolorosas, admitiu. Por exemplo, ele estava muito triste por ele e seus irmãos não poderem celebrar o 100º aniversário da sua mãe, pois ela está em uma casa de repouso do outro lado da Áustria.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Schönborn: pandemia do coronavírus mudará a face da terra - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV