Comissão do Senado vai apurar situação de pastores brasileiros da IURD em Angola

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Viagem ao inferno do trabalho em plataformas

    LER MAIS
  • Metaverso? Uma solução em busca de um problema. Entrevista com Luciano Floridi

    LER MAIS
  • A implementação do Concílio no governo do Papa Bergoglio. Artigo de Daniele Menozzi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


21 Julho 2020

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) encaminhou requerimento extrapauta à casa requerendo a criação de comissão externa temporária, com quatro titulares e quatro suplentes, para verificar, no prazo de 30 dias, a situação de pastores e bispos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, que estariam sofrendo perseguições no país africano.

A reportagem é de Edelberto Behs, jornalista.

“Nunca vi uma situação dessas. Brasileiros sendo ameaçados até de morte. Angola é considerado um país irmão nosso e não podemos admitir uma situação como essa”, afirmou Trad ao repórter Carlos Penna Brescianini, da Agência Senado. Trad é presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado.

O Senado aguarda, agora, a autorização da visita, devido às restrições impostas a estrangeiros por causa do coronavírus, para definir a data da viagem dos senadores.

Pastores dissidentes da IURD de Angola tomaram, no dia 22 de junho, templos da denominação em Luanda e nas províncias de Benguela, Huambo, Malanje, Cuanza Sul e Namibe. Os rebeldes acusam pastores brasileiros da instituição de práticas raciais, discriminação social, abuso de autoridade, falta de respeito, humilhação pública e evasão de divisas.

A IURD está em Angola desde 1992, onde conta com 512 pastores, dos quais 419 são angolanos, 65 brasileiros, 24 moçambicanos e 4 são-tomenses.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Comissão do Senado vai apurar situação de pastores brasileiros da IURD em Angola - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV