Reino Unido. Corbyn apresenta um programa de governo “radical” para as eleições

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • O Papa afasta Enzo Bianchi da comunidade de Bose

    LER MAIS
  • A carta de 40 milhões de médicos aos líderes do G20: “É necessário um planeta saudável para recomeçar depois do Covid”

    LER MAIS
  • Esperança na provação. Nota do Mosteiro de Bose

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Novembro 2019

It’s Time For Real Change (É hora de uma mudança real). Com esse nome, o Partido Trabalhista batizou o programa eleitoral radical apresentado hoje por seu líder, Jeremy Corbyn, durante um ato na Universidade de Birmingham e que constitui um ataque aos “bilionários, grandes empresas e proprietários não confiáveis”. Corbyn prometeu ao público que “forneceremos uma mudança real para muitos e não para poucos. É disso que trata este manifesto. As reformas sociais ‘radicais’ e ‘ambiciosas’ desta proposta representam a última tentativa do Partido Trabalhista em superar a intenção de voto, diante das eleições de 12 de dezembro.

A reportagem é publicada por ABC, 21-11-2019. A tradução é do Cepat.

Embora Corbyn tenha esclarecido que se vencerem as próximas eleições do dia 12 de dezembro, seu partido resolverá a encruzilhada do Brexit “em menos de seis meses” e que apoia a realização de outro referendo legalmente vinculativo sobre permanência na União Europeia, seu discurso se afastou da questão do divórcio com a União Europeia e se concentrou mais em explicar suas políticas nacionais, bem como em abordar suas propostas sociais e atacar “os poderosos”.

Sendo assim, esclareceu, por exemplo, que os impostos subirão apenas para aqueles com salários superiores a 80.000 libras por ano, já que este é “um manifesto cheio de políticas populares que os políticos bloquearam por uma geração”. Quem pagaria impostos, em caso de triunfo trabalhista, são as grandes corporações.

“Não podemos mais negar a emergência climática. Podemos vê-la ao nosso redor, como demonstraram recentes inundações” no país. “Não temos tempo a perder. A crise exige uma ação rápida, mas não é correto cobrar os custos da emergência climática na enfermeira, na construtora ou do trabalhador do setor energético”, disse, prometendo que “um governo trabalhista garantirá que as grandes empresas de petróleo e gás, que se beneficiam do aquecimento do nosso planeta, assuma e pague a parte que lhes corresponde com uma justa taxa de transição”.

As principais medidas sociais

O líder do principal partido da oposição também reiterou seu compromisso em reduzir a jornada de trabalho para 32 horas semanais, em uma década, sem que isso implique perda de salário. Os trabalhadores também terão maior proteção contra demissões injustas. Também falou de um aumento de 5% no salário do setor público, no próximo ano, para ajudar a compensar o impacto do limite de 1% que está em vigor há vários anos.

Para conciliar vida profissional e familiar, sugere estender a licença-maternidade de 9 para 12 meses, ao mesmo tempo em que a licença-paternidade seria dobrada para quatro semanas.

“Este é o programa com o plano mais radical e ambicioso para transformar nosso país em décadas”, disse Corbyn a seus seguidores. “Nas próximas três semanas, as pessoas mais poderosas do Reino Unido e as que as apoiam dirão que tudo é impossível nesse manifesto”, porque “não querem mudanças reais, porque o sistema está funcionando bem para eles, porque é projetado a seu favor, porque os ricos, os milionários e os poderosos apoiam o Partido Conservador”, alertou.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Reino Unido. Corbyn apresenta um programa de governo “radical” para as eleições - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV