O clamor dos pobres: é hora de responder. Os jesuítas, justiça e reconciliação: 50 anos depois e para além

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que deve ser cancelado? Eis a questão

    LER MAIS
  • Padre Miguel Ángel Fiorito, SJ, meu Mestre do Diálogo: “Ele nos ensinou o caminho do discernimento”. Artigo do Papa Francisco

    LER MAIS
  • Plantas ‘gritam’ quando estão sob estresse, aponta estudo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

02 Novembro 2019

A Companhia de Jesus celebra o 50º aniversário da Secretaria de Justiça Social e Ecologia e discerne como continuar seu compromisso no futuro.

Da luta contra a exploração ambiental em Honduras à reabilitação de jovens membros de gangues nos Estados Unidos, dos dalits ou intocáveis deslocados de suas terras na Índia aos desafios educacionais com jovens na África, do trabalho com migrantes e refugiados chegando à Europa, até o compromisso contra as mudanças climáticas: a Secretaria de Justiça Social e Ecologia da Sociedade de Jesus (SJSE) organiza um congresso mundial em Roma, de 4 a 8 de novembro, por ocasião da celebração de seu 50º aniversário.

A informação é da Secretaria de Justiça Social e Ecologia da Sociedade de Jesus, 01-11-2019. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

O congresso, que ocorrerá na Cúria Geral da Companhia de Jesus, contará com a presença de mais de 200 pessoas entre jesuítas, especialistas e ativistas de todos os continentes, comprometidos com o que o papa Francisco chama de "periferias" do mundo.

No primeiro dia, na segunda-feira, 4 de novembro, será lembrado o caminho dessa iniciativa fundada pelo então Padre Geral Pedro Arrupe em 1969; à tarde, às 17h30, será celebrada uma missa em memória dos jesuítas "mártires" que morreram no cumprimento de sua missão. Na terça-feira, 5, e quarta-feira, 6, o congresso se concentrará nos desafios do presente, enquanto os últimos dois dias, quinta-feira, 7, e sexta-feira, 8, serão uma oportunidade para renovar o futuro compromisso com a justiça social e a ecologia.

Intervirão, entre outros, o padre Ismael Moreno (o Padre Melo), de Honduras, que trabalha na linha de frente com a população local para combater a exploração de multinacionais; Gregory Boyle, diretor da Homeboy Industries, uma associação que recupera crianças das gangues de Los Angeles; cardeal Pedro Barreto, arcebispo de Huancayo no Peru e membro do Sínodo na Amazônia; a ecologista indiana Sunita Narain; o cardeal Michael Czerny, subsecretário da Seção de Refugiados e Migrantes do Vaticano; o economista americano Jeffrey Sachs; e o jovem ativista sul-africano Noluthando Honono. Na manhã de quinta-feira, 7 de novembro, os participantes serão recebidos pelo papa Francisco.

“A celebração não se concentra no que alcançamos nos últimos 50 anos, mas nos pobres e vulneráveis”, diz o padre Xavier Jeyaraj, diretor do SJSE. “A pobreza é um escândalo que não podemos aceitar. Nosso objetivo, que reúne mais de 200 pessoas de todo o mundo, é renovar nosso compromisso e reafirmar que estamos determinados a apoiar os pobres e reconhecer que Deus sofre com eles”. Pela ocasião do 50º aniversário da Secretaria, já ocorreram diferentes eventos, reuniões e retiros espirituais na América Latina, Ásia e África ao longo do ano, e outras iniciativas serão realizadas nos próximos meses na Europa e América do Norte.

A sessão inaugural, aberta à imprensa, ocorrerá na Aula Magna da Cúria Geral (Borgo Santo Spirito, 4), na segunda-feira, 4 de novembro, das 9h às 10h30, com o padre Jeyaraj, com o Superior Geral dos Jesuítas, padre Arturo Sosa, cardeais Barreto e Peter Turkson, prefeito do Dicastério do Vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral. Às 15 horas, será realizada uma conferência de imprensa na qual será servido café em que o Padre Geral, o padre Jeyaraj e vários representantes de diferentes continentes e áreas de intervenção da Secretaria de Justiça Social e Ecologia estarão à disposição dos jornalistas.

Site da Secretaria de Justiça Social e Ecologia da Sociedade de Jesus: www.sjesjesuits.global

Hashtag (Twitter) do Congresso: #SJSE50años

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O clamor dos pobres: é hora de responder. Os jesuítas, justiça e reconciliação: 50 anos depois e para além - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV