820 milhões de pessoas sofrem de fome no mundo, segundo relatório da ONU

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Santa Teresa de Jesus: inquieta, andarilha, desobediente e muito mais...

    LER MAIS
  • COP26. Kerry reduz as expectativas sobre a cúpula de Glasgow: “Rumo a compromissos ainda insuficientes para alcançar…”

    LER MAIS
  • Diocese Anglicana no Paraná sagrará bispa coadjutora em Curitiba

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


17 Outubro 2019

Sensibilizar sobre a necessidade de "tornar acessível a todos alimentos saudáveis e sustentáveis": este é o objetivo do Dia Mundial da Alimentação deste ano. Segundo os dados mais recentes da ONU, mais de dois bilhões de pessoas, ou seja, quase um quarto da população mundial, não têm acesso a uma alimentação "segura, nutritiva e suficiente". Pelo menos 820 milhões de pessoas sofrem de fome.

A informação é publicada por L'Osservatore Romano, 16/17-10-2019. A tradução é de Luisa Rabolini.

"Podemos vencer se colaborarmos de mãos dadas", disse o diretor-geral da FAO, Qu Dongyu, admitindo, porém, que os esforços para derrotar a fome até 2030 "estão falhando".

Acabar com a fome e todas as formas de desnutrição é de fato o segundo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável acordados pela ONU para 2030. O número de pessoas que sofrem de fome no mundo aumentou recentemente, após vários anos de estabilidade.

No continente africano, a prevalência de desnutrição atinge quase 20%. Por essa perspectiva, a Save the children decidiu dedicar o Dia Mundial da Alimentação de hoje à insegurança alimentar no Chifre da África. Nesta região, a organização denuncia, quase 13 milhões de pessoas são afetadas pela fome, incluindo 6,5 milhões de crianças. A situação foi particularmente agravada pelas severas secas registradas no verão passado.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

820 milhões de pessoas sofrem de fome no mundo, segundo relatório da ONU - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV