O Presidente Xi Jinping no Vaticano? Sim, não, talvez ... quem sabe, por que não?

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • “Os pecados da carne não são os mais graves. Os mais graves são aqueles que têm mais 'angelicalidade': a soberba, o ódio”. Entrevista do Papa Francisco

    LER MAIS
  • Digital, serial, algorítmica, a cultura do século XXI chegou

    LER MAIS
  • Ômicron, natureza e arrogância humana: uma guerra entre patógenos e humanos. Artigo de Alexandre A. Martins

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


18 Março 2019

Uma visita ao Vaticano do presidente chinês, Xi Jinping, para um encontro com o Papa Francisco, durante sua estada na Itália de 21 a 24 de março, até o momento deve ser descartada. Aliás, Dom Paul Richard Gallagher, Secretário do Vaticano para as Relações com os Estados, falando à Comunidade de Sant'Egidio há alguns dias, disse que no momento não estava programada nenhuma reunião entre o líder chinês e o Pontífice. Portanto, até o momento, o que é possível é, ao mesmo tempo, pouco provável.

O comentário é de Luis Badilla, publicado por Il Sismografo, 17-03-2019. A tradução é de Luisa Rabolini

No estado atual dos fatos, o que parece clara é a disposição do Vaticano para um encontro e, portanto, para uma visita do presidente chinês ao Vaticano. Por parte da Santa Sé, não há nenhuma limitação ou condição. Basta que o presidente comunique que deseja encontrar-se com o Papa Francisco e tudo será organizado, como devido, em um curto espaço de tempo, também porque, sendo uma visita privada, não são necessários preparativos especiais.

No lado chinês, não há nenhuma recusa, mas as comunicações contínuas entre as partes - intensas nestes dias - não tocam o tema específico de um eventual encontro. Parece que tudo depende de uma única voz, no momento em que quiser se manifestar sobre a questão: o Presidente Xi Jinping. Ele, e apenas ele, pode decidir, em coordenação com o Comitê Permanente do Politburo do Partido.

É por isso que, no momento, pode-se dizer que um encontro poderia "sair" no último minuto, sem pré-avisos especiais, para colocar em prática um gesto político e diplomático de grande importância histórica: quebrar o gelo com um encontro cara-a-cara impensável até poucos dias atrás.

Seria um encontro cujo perfil histórico está exatamente no próprio encontro.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Presidente Xi Jinping no Vaticano? Sim, não, talvez ... quem sabe, por que não? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV