Tempo da Criação: Conferências das Igrejas Europeias e Conferências Episcopais chamam à oração

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Viagem ao inferno do trabalho em plataformas

    LER MAIS
  • Metaverso? Uma solução em busca de um problema. Entrevista com Luciano Floridi

    LER MAIS
  • A implementação do Concílio no governo do Papa Bergoglio. Artigo de Daniele Menozzi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Setembro 2018

Para observar o Tempo da Criação e na véspera da Oração Ecumênica para a criação de Assis, intitulada "Caminhando juntos para a COP24" (31 de agosto-1º de setembro de 2018), a Conferência das Igrejas Europeias (CEC) e o Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) pedem aos cristãos e suas comunidades para orar e cuidar da criação. As duas organizações publicaram um vídeo em conjunto com mensagens do presidente da CEC, o Rev. Christian Krieger, pastor da Igreja Protestante Reformada da Alsácia e Lorena, e do Presidente da CCEE, o cardeal Ângelo Bagnasco, arcebispo de Gênova.

A informação é publicada por Conselho das Conferências Episcopais da Europa – CCEE, 31-08-2018. A tradução é de Luisa Rabolini.

O Tempo da Criação é observado de 1º. de setembro a 4 de outubro em todo o mundo e está ligado às tradições orientais e ocidentais do cristianismo. Em 1º de setembro, foi proclamado o dia de oração pelo meio ambiente pelo falecido Patriarca Ecumênico Dimitrios I, em 1989.

Em 2015, o Papa Francisco instituiu para os católicos a celebração do Dia Mundial de Oração para o cuidado da criação, em 1º. de setembro.

Transcrição da declaração do Rev. Christian Krieger, presidente da CEC

Enquanto as crises ambientais são exacerbadas e aparecem gradualmente suas consequências para os mais vulneráveis entre os nossos irmãos e irmãs em humanidade, os cristãos são chamados a testemunhar, em palavra, em ações e em oração, sua fé no Deus Criador. O "Tempo da Criação" é para a família cristã, independente de qualquer denominação, uma oportunidade para celebrarmos juntos Deus como Criador, expressar nossa gratidão comum pelo dom de toda a vida, levar a Deus o nosso pesar pelo abuso do nosso meio ambiente e dos recursos naturais, nos tornar conscientes da nossa responsabilidade para com todos os seres humanos e para a criação, e nos comprometemos a agir. Para aprofundar a nossa relação com Deus, precisamos aprofundar a nossa relação uns com os outros e com toda a criação.

Transcrição da declaração do cardeal Angelo Bagnasco, Presidente da CCEE

A ecologia ambiental requer uma ecologia integral, o que significa também uma ecologia humana, o respeito pela dignidade de cada pessoa humana, da vida e com tudo o que decorre dela, a vida desde o início da concepção até a morte natural, faz parte desse compromisso com a ecologia integral.

Por esse enfoque, todos os cristãos - e, portanto, o encontro de Assis é particularmente expressivo e significativo - encontram-se na luz da mesma fé e da mesma responsabilidade. Juntamente com todas as pessoas de boa vontade do mundo, porque falar e olhar com amor e carinho a pessoa humana, os povos, as nações dentro de um contexto universal, ecológico adequado é certamente parte da responsabilidade universal de toda a humanidade.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tempo da Criação: Conferências das Igrejas Europeias e Conferências Episcopais chamam à oração - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV