Tempo para a Criação. Rezemos juntos para apreciar e cuidar do dom da Criação

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa aprovará padres casados na Amazônia, afirma teólogo

    LER MAIS
  • “A capacidade de constituição de novos horizontes da esquerda brasileira, hoje, é nula”. Entrevista com Vladimir Safatle

    LER MAIS
  • Depressão vertiginosa que o Brasil atravessa também é herança da esquerda, diz Le Monde

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

30 Agosto 2016

“O respeito, a valorização e a contemplação da Criação são uma preocupação comum das Igrejas cristãs”, afirma declaração conjunta do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE), da Conferência das Igrejas Europeias (KEK) e da Rede Cristã Europeia para o Meio Ambiente (ECEN), por ocasião do Dia da Criação.

A declaração é publicada por Conselho das Conferências Episcopais da Europa, 29-08-2016. A tradução é de André Langer.

Eis o texto.

Declaração conjunta do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE), da Conferência das Igrejas Europeias (KEK) e da Rede Cristã Europeia para o Meio Ambiente (ECEN).

O respeito, a valorização e a contemplação da Criação são uma preocupação comum das Igrejas cristãs. O Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) e a Conferência das Igrejas Europeias (KEK), por ocasião do Dia da Criação, pedem orações comuns e o reforço do trabalho ecumênico para o cuidado da Criação.

Segundo o Evangelho, a responsabilidade pelo meio ambiente não pode ser separada da responsabilidade pelos outros seres humanos: nosso próximo, pobres ou esquecidos, tudo isso com um verdadeiro espírito de solidariedade e de amor. Respeitar a criação não quer dizer proteger e salvaguardar apenas a terra, a água e outros componentes do mundo natural. Também consiste em manifestar respeito pelos seres humanos que compartilham esses dons e têm a responsabilidade pelos mesmos. Portanto, junto com todos os cristãos, nos esforçamos com alegria para ser testemunhas de Jesus Cristo, “porque nele foram criadas todas as coisas, tanto as celestes como as terrestres” (Cl 1, 16).

Recordamos o pensamento de Dietrich Bonhoeffer, que disse que o problema mais urgente das nossas Igrejas é a forma como vivemos a nossa vida cristã frente aos desafios sociais e culturais contemporâneos. Isto significa que temos que nos relacionar entre nós no contexto do mundo em que vivemos. Trata-se de uma definição original de “oikos”, que significa “a casa”. A “casa comum” da qual nos ocupamos é formada tanto pelo mundo natural como pelas relações humanas.

O Tempo para a Criação, que acontece entre os dias 1º de setembro e 4 de outubro (Festa de São Francisco de Assis na tradição ocidental), é um período especial nos calendários litúrgicos de um número cada vez maior de Igrejas na Europa. Neste período recordamos o dom da criação e nossa relação com ela. A celebração deste tempo e seu lugar no ciclo de orações e de formas de culto cristão foi recomendado pela Terceira Assembleia Ecumênica Europeia, Sibiu 2007. A Rede Cristã Europeia para o Meio Ambiente (ECEN) foi fundamental para animar os cristãos a rezar juntos com espírito de cooperação ecumênica e promover ações para o cuidado da Criação.

A iniciativa de celebrar um dia de oração pela Criação de Deus, no dia 1º de setembro, que na tradição bizantina é o início do Ano Eclesial, foi estabelecida em 1989 pelo Patriarca ecumênico Dimitrios. Seguindo a mesma linha, em 2015, o Papa Francisco decidiu que no dia 1º de setembro se celebrasse o Dia Mundial de Oração pela Proteção da Criação na Igreja católica.

Temos que enfrentar desafios urgentes em termos de degradação do meio ambiente e de mudança climática e, animados pelas palavras da carta encíclica do Papa Francisco Laudato Si’, somos convidados a reconhecer a nossa responsabilidade compartilhada. Convidamos calorosamente a todos os cristãos europeus, as Igrejas membros da KEK e as Conferências Episcopais do CCEE, as paróquias, as comunidades cristãs e todas as pessoas de boa vontade a aderir ao Tempo para a Criação, a celebrar juntos o Tempo da Criação no âmbito das nossas respectivas tradições litúrgicas e a sustentar a comum fé cristã no Deus Criador. Exortamos, cada um em seu próprio ambiente, a oferecer orações pelo dom da Criação, e a unir-se a nós rezando juntos:

Oh, Senhor, ensina-nos a cuidar de toda a Criação,
para proteger qualquer forma de vida e compartilhar os frutos da terra.
Ensina-nos a compartilhar o nosso trabalho humano com os nossos irmãos e irmãs,
especialmente com os pobres e necessitados.

Concede-nos ser fiéis ao teu Evangelho
e oferecer com alegria à nossa sociedade nos diferentes países de todo o continente
o horizonte de um futuro melhor
pleno de justiça, paz, amor e beleza.
Amém.

P. Heikki Huttunen        Dom Duarte da Cunha          Rev. Dr. Peter Pavlovic
Secretário-geral KEK      Secretário-geral CCEE          Secretário ECEN

Leia mais...

Dia de Oração e Cuidado com a Criação

No dia 1º de setembro, ocorre o 2º Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação

Criação na Tradição Cristã: uma “hermenêutica” de encontros e desencontros

“A Criação geme em dores de parto”. Cuidado da Criação e Justiça Ecológica-Climática

Papa denuncia «crise ecológica» mundial ao convocar para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação

Papa institui um “Dia de Oração pela Criação” com os ortodoxos

Papa Francisco institui o dia 1º de setembro como Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação

''Todxs'' somos guardiões da Criação. Artigo de Andrea Rubera

Laudato Si’ e o resgate de uma relação integral entre Deus e a criação. Entrevista especial com Josafá Carlos de Siqueira

Guardar a criação inteira. Editorial da revista La Civiltà Cattolica

“O respeito pela Criação é uma exigência da nossa fé”, afirma o Papa Francisco

Francisco e o cuidado pela criação

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tempo para a Criação. Rezemos juntos para apreciar e cuidar do dom da Criação - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV