Papa Francisco aos bispos italianos. Suas três preocupações

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Irreverência

    LER MAIS
  • Uma prova do conclave. O próximo papa assumirá o nome da Comunidade de Santo Egídio

    LER MAIS
  • “Eu estou tirando Deus da Bíblia”. Entrevista com Marc-Alain Ouaknin

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

22 Maio 2018

Às 16h30 da tarde desta segunda-feira, na Aula Nuova do Sínodo, o Papa Francisco abriu os trabalhos da 71ª Assembléia Geral da Conferência Episcopal Italiana (CEI), que acontece no Vaticano até 24 de maio, sobre o tema "Qual a presença eclesial no atual contexto da comunicação". Após a oração de abertura e a saudação à Assembleia, o papa apresentou sua mensagem.

A informação é publicada por Il Sismografo, 21-05-2018. A tradução é de Luisa Rabolini.

Seguem alguns trechos do discurso do Papa Francisco, no aguardo do texto oficial e completo.

O Papa relembra a festa litúrgica de hoje, Maria Mãe da Igreja ... Santa Mãe de Deus ... Santa Mãe a Igreja hierárquica.

O Papa agradece pelo trabalho que é feito todos os dias.

Quero compartilhar com vocês algumas questões. Aguardo as suas opiniões, e inclusive as suas críticas. É possível, sim, criticar o Papa.

Aqui estão alguns temas que me preocupam:

1) Crise das vocações. Aliás, a hemorragia das vocações ligadas a fatores múltiplos: o relativismo, consumismo, escândalos, hedonismo ... fruto envenenado da cultura do provisório. Proponho um Fidei donum entre as dioceses italianas. É algo que pode ajudar a superar a crise.

2) Pobreza evangélica e transparência. A pobreza é mãe e é muro ... a pobreza dá origem ao zelo apostólico e o protege. È escandaloso tratar o dinheiro sem transparência. È escandaloso gerir como assuntos pessoais o dinheiro e os recursos da Igreja. A CEI tem feito muito e deve fazer mais.

3) Redução e unificação das dioceses. Não é fácil, eu sei, mas será preciso fazer. Há dioceses que podem e devem unificar-se. É uma exigência pastoral que vem sendo estudada e examinada há muitos anos. Já falava a esse respeito Paulo VI nos anos 1960.

Em seguida, o Papa apresenta muitos dados oficiais e institucionais sobre a matéria.

Aqui estão as minhas três reflexões. Agora vou escutar vocês. Muito obrigado.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa Francisco aos bispos italianos. Suas três preocupações - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV