Colômbia. Declaração conjunta da FARC e ELN fortalece a paz

Revista ihu on-line

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Mais Lidos

  • A “mediocracia brasileira” e o Brasil que não hesita em resistir. Artigo de Augusto Jobim do Amaral

    LER MAIS
  • A última primeira missa de Ernesto Cardenal

    LER MAIS
  • "O Papa Francisco é fundamental para que outro genocídio na Amazônia não volte a acontecer". Entrevista com José Gregório Díaz Mirabal

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Outubro 2017

Fortalece-se a paz na Colômbia. Os guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e do ELN (Exército de Libertação Nacional) anunciaram ontem seu "compromisso comum com o processo de paz" e o apoio aos avanços das negociações em curso na Colômbia.

A informação é publicada por L'Osservatore Romano, 25-26-10-2017. A tradução é de Luisa Rabolini.

Os dois grupos assinaram ontem um documento conjunto em que confirmam seu empenho com a preservação do cessar-fogo com o governo central e com o avanço no processo de paz. O documento foi apresentado à ministra das Relações Exteriores da Colômbia María Ángela Holguín, na cidade de Montecristi, no Equador.

"Expressamos o nosso compromisso de alcançar a paz, as mudanças e transformações que a maioria dos colombianos e das colombianas deseja", afirma a declaração conjunta. O texto também expressa o desejo de ambos de "realizar uma defesa conjunta do processo de paz e explorar mecanismos comuns para garantir que não seja apenas implementado o acordo entre o governo e as FARC, mas também avance a agenda de negociações entre o governo e o ELN, e se harmonizem os dois processos".

Como é conhecido, o governo de Bogotá e as FARC chegaram em 2016 a um acordo de paz após longas conversas em Havana. Com o ELN foi estabelecido um cessar-fogo. Atualmente estão em curso negociações com o governo.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Colômbia. Declaração conjunta da FARC e ELN fortalece a paz - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV