Por proteção contra coronavírus, sinos tocarão juntos no aniversário de Curitiba

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Byung-Chul Han: smartphone e o “inferno dos iguais”

    LER MAIS
  • Os 13 tweets do Papa no dia do IV Encontro Mundial de Movimentos Populares

    LER MAIS
  • Só um radical ecossocialismo democrático pode mudar o horizonte

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Março 2020

Curitiba vai ter um dia de oração coletiva pelo fim da pandemia de coronavírus, no domingo (29), aniversário de 327 anos da cidade. Os sinos das igrejas católicas e evangélicas vão tocar ao mesmo tempo ao meio-dia. O anúncio foi feito pelo prefeito, Rafael Greca (DEM), na manhã desta quarta-feira (25), durante um pronunciamento ao vivo no Facebook da prefeitura.


Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Foto: Daniel Castellano/Prefeitura de Curitiba

A reportagem é de Alex Silveira, publicada por Tribuna do Paraná, 25-03-2020.

Nas palavras do prefeito, o objetivo do acionamento dos sinos é chamar as pessoas para que peçam a Deus, à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais – padroeira de Curitiba – e aos anjos pela cura dos doentes e para que o vírus não cause tantos danos à população. O prefeito também diz que falou com pastores de igrejas evangélicas que têm sinos em suas torres.

“Vamos replicar ao meio-dia de domingo todos os sinos que houver em Curitiba. Vamos pedir que vivamos um tempo de cura no caminho da grande manhã da Páscoa, onde tudo que nos aflige passará”, afirma Greca.

O arcebispo de Curitiba, dom José Antônio Peruzzo, explica que os sinos tocarão “com vigor” por 15 minutos. “Enquanto os sinos repicam em sinal de ânimo, fé e esperança, nossas famílias católicas se põem em oração pelo fim da pandemia”, pede o arcebispo. O roteiro de orações, chamado “Súplica pela cidade de Curitiba”, vai estar disponível no site da arquidiocese para que as pessoas possam rezar de casa.

Quarentena mantida

Apesar do apelo religioso, a prefeitura de Curitiba afirmou que continua seguindo todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) no combate ao vírus. “Por amor a Curitiba e por respeito aos curitibinhas, nós ficaremos em casa”, orienta Greca, apontando que serviços essenciais não devem parar de funcionar. 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por proteção contra coronavírus, sinos tocarão juntos no aniversário de Curitiba - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV