Os impactos dos grandes projetos sobre os povos indígenas e as comunidades tradicionais da Amazônia

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que muda (para pior) no financiamento do SUS

    LER MAIS
  • Ou isto, ou aquilo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia aumenta 212% em outubro deste ano, aponta Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

08 Maio 2014

"De acordo com o relatório “A Amazônia e os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio” da Articulação Regional Amazônica divulgada em novembro/2011, quase metade das 34 milhões de pessoas que vivem na região amazônica estão abaixo da linha da pobreza. Equador e a Bolívia têm a situação mais crítica. Esta realidade contrasta com um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 330 bilhões - cerca de R$ 586 bilhões – da região. “Dos oito objetivos traçados pela ONU, apenas a igualdade na escolaridade entre homens e mulheres foi alcançada. Apesar de ocorrerem avanços, os índices regionais de desenvolvimento da Amazônia ficam abaixo das médias nacionais”, afirma Guenter Francisco Loebens, Conselho Indigenista Missionário - CIMI Norte I,  na conferência proferida no XV Simpósio Internacional IHU “Alimento e Nutrição no contexto dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio”.

Eis a conferência.

guenter

Veja também:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os impactos dos grandes projetos sobre os povos indígenas e as comunidades tradicionais da Amazônia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV