“Antes que seja tarde demais”. Milionários pedem que seus 'colegas' paguem impostos e assim evitem um “desastre para todos”

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Nunca se viu no Brasil um governo tão abençoado pelas igrejas

    LER MAIS
  • Cardeal Hollerich “está aberto” ao sacerdócio das mulheres

    LER MAIS
  • "A REPAM é fazer conectar aquilo que é comum de todos". Entrevista com João Gutemberg Sampaio, novo secretário executivo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


25 Janeiro 2020

Um grupo de magnatas pertencentes à organização Millionaires Against Pitchforks se dirigiu a outras pessoas com grandes fortunas para pedir que paguem impostos, a fim de evitar um “desastre para todos”, de acordo com um comunicado emitido recentemente, por ocasião do Fórum Econômico Mundial, que acontece esta semana em Davos (Suíça).

A reportagem é publicada por RT, 24-01-2020. A tradução é do Cepat.

"Pedimos-lhes [...], antes que seja tarde demais, a exigência de impostos mais altos e justos para milionários e bilionários em seus países, ajudando a prevenir, de forma individual e corporativa, a sonegação e fraude tributária por meio de uma reforma tributária internacional”, diz a mensagem dirigida a esse setor da população.

Os signatários dizem que fazem esse pedido como “membros da classe mais privilegiada de seres humanos que já andaram na Terra”. Também indicam que “a desigualdade extrema e desestabilizadora” está crescendo em todo o mundo, pois há cada vez mais bilionários e suas fortunas são maiores, enquanto a renda das pessoas pobres mal mudou.

“É hora de agirmos”

Na mesma linha, o comunicado argumenta que em muitas nações as tensões causadas pela desigualdade atingiram níveis de crise, e destaca que a baixa confiança social e um sentimento geral de injustiça estão minando a coesão social básica e aumentando as tensões entre os países. Também expressa o medo de que a comunidade global não responda adequadamente à iminente catástrofe climática. “Isso será desastroso para todos, inclusive para milionários e bilionários”.

“Está na hora de agirmos”, continua a mensagem, que enfatiza que os impostos são a melhor e a única maneira apropriada de garantir um investimento adequado naquilo que necessitam nossas sociedades. “As pessoas que rejeitam essa verdade representam uma dupla ameaça, tanto para o clima quanto para a própria democracia”, afirmou o comunicado, argumentando que essas pessoas são as mesmas que “manipulam governos e processos democráticos em todo o mundo para seu próprio benefício”.

Por último, os signatários asseguram que muitas das maiores empresas do mundo abusam de paraísos fiscais e nem pagam qualquer imposto. “Em nível internacional, a evasão fiscal atingiu proporções epidêmicas”, diz o comunicado. Para demostrar isso, oferecem um fato assustador: atualmente, existem ao menos oito trilhões de dólares escondidos em paraísos fiscais, equivalentes a cerca de 10% do PIB mundial.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Antes que seja tarde demais”. Milionários pedem que seus 'colegas' paguem impostos e assim evitem um “desastre para todos” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV