Em 2019, o Alasca experimentou o ano mais quente já registrado

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • “Sínodo é até o limite. Inclui a todos: Os pobres, os mendigos, os jovens toxicodependentes, todos esses que a sociedade descarta, fazem parte do Sínodo”, diz o Papa Francisco

    LER MAIS
  • Por que a extrema direita elegeu Paulo Freire seu inimigo

    LER MAIS
  • Enquanto Francisco visitava a Eslováquia, a comunidade internacional celebra a mulher sacerdote da Tchecoslováquia

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


10 Janeiro 2020

O Alasca passou pelo ano mais quente da história registrada em 2019, de acordo com os Centros Nacionais de Informação Ambiental.

A reportagem é publicada por EcoDebate, 09-01-2020.

A temperatura média do estado ficou em 32,2° F – 6,2° F mais quente que a média de longo prazo. As temperaturas do ano passado superaram o recorde anterior de 2016, que registrou a média estadual em 31,9° F. Pela primeira vez em registro, Anchorage registrou um dia de 30° C em julho.

Anomalias e eventos climáticos nos EUA em 2019. 

Incêndios florestais em todo o estado devoraram 2,68 milhões de acres em 2019.

O Copernicus Climate Change Service considerou 2019 o segundo ano mais quente já registrado e os anos 2010 a década mais quente. 2016 continua sendo o ano mais quente já registrado, enquanto 2017 é o terceiro mais quente.

O contínuo acúmulo de dióxido de carbono devido às atividades humanas, como queima de combustíveis fósseis por energia, está elevando as temperaturas globais e instigando impactos nocivos em todo o mundo.

Referência:

Assessing the U.S. Climate in 2019. Para acessar clique aqui

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Em 2019, o Alasca experimentou o ano mais quente já registrado - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV