40 dias pelo Rio: Navegando juntos a boa nova de Deus a caminho do Sínodo Amazônico - 28º dia

Foto: Blog Coração Nómada

23 Setembro 2019


 

 

Dia 28 de Navegação - 23 de Setembro
Petição permanente para o Sínodo Amazônico no início de cada dia:

“Que o Deus da vida e da beleza, o Espírito Santo que nos impulsiona para mais fraternidade, unidade e dignidade, o Cristo encarnado da Boa Nova, da inculturação e da interculturalidade nos proporcionem serenidade, discernimento e coragem para encontrar novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral neste Sínodo Amazônico. Tudo isso para o bem e a vida de seus povos e comunidades, e para caminhar mais juntos pelo Reino”.

Medite por alguns momentos neste pedido inicial, busque a calma interior para entrar neste momento para navegar pelas águas da Amazônia e a vida da Igreja a serviço de seus povos e comunidades, e para ouvir o chamado de Deus através de sua palavra viva. 

Leitura do dia (cada um e cada uma são convidados a aprofundar a leitura completa de acordo com suas próprias necessidades e critérios):

“Ninguém acende uma lâmpada para escondê-la debaixo de uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ela é posta no candelabro, a fim de que os que entram vejam a claridade. Ora, nada há de escondido que não venha a ser descoberto. Nada há de secreto que não venha a ser conhecido e se tornar público” Lucas 8, 16-18 (fragmento).

Reflexão sob a perspectiva do Sínodo Amazônico: A vida da Amazônia é uma luz acesa para o mundo e deve ser vista e compartilhada. Não podemos cobrir a graça do mistério de Deus na maravilha deste território e sua grande diversidade e equilíbrio, muito menos no interesse de poder dominá-la e explorá-la, mantendo-a fora dos olhos dos outros. Este Sínodo, embora seja de natureza territorial em um bioma específico, é uma luz acesa que servirá para iluminar a missão universal da Igreja e também será uma chamada urgente de atenção a todas as regiões do mundo para reconhecer a fragilidade de nosso mundo e a importância dos ecossistemas e os povos que os protegem para o futuro. O projeto de Deus exige que mulheres e homens cuidem desses biomas, e não aqueles destruidores que desejam manter seus interesses para explorá-los em segredo enquanto parecem ser pessoas de bem. O que está no fundo do coração das pessoas, seus interesses genuínos, virá à luz no final do dia.

 

Contemplação

Contemplemos a imagem deste dia e tomemos um momento para reconhecer nossa própria vida e experiência na Igreja e ao serviço da Amazônia para pedir luz nesta palavra de Deus em preparação para o Sínodo. Escrever meus pedidos particulares e permanecer neles durante este dia. Convidamos você a manter um registro de tudo o que o Espírito nos provoca como preparação interior para o Sínodo AMAZÔNICO.

 

Citação para fechar a meditação

Instrumentum Laboris, 11: “Nosso serviço pastoral”, como afirmaram os Bispos em Aparecida, constitui um serviço “à vida plena dos povos indígenas [a qual] exige que anunciemos a Jesus Cristo e a Boa Nova do Reino de Deus, denunciemos as situações de pecado, as estruturas de morte, a violência e as injustiças internas e externas, e fomentemos o diálogo intercultural, inter-religioso e ecumênico” (DAp., 95). Procuremos discernir este anúncio e esta denúncia à luz de Jesus Cristo, o Vivente (cf. Ap 1, 18), plenitude da revelação (cf. DV, 2)..

 

Leia mais

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV