EUA tentam reduzir dependência de minério da China

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • 'Eu nunca recusei a Eucaristia a ninguém. A comunhão não é um prêmio para os perfeitos'. Entrevista com o papa Francisco voltando da Eslováquia para Roma

    LER MAIS
  • Papa Francisco: “Vacinas, há negacionistas até entre os cardeais. Matrimônio só homem-mulher, mas uniões civis homoafetivas possíveis”

    LER MAIS
  • Alemanha. Dom Stefan Hesse: renúncia rejeitada

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


31 Mai 2019

No dia em que governo da China e a imprensa estatal do país reforçaram a retórica contra os Estados Unidos, ao lembrarem que poderiam usar terras-raras na disputa comercial, o Departamento de Defesa americano apresentou um relatório ao Congresso para reduzir a dependência americana do minério da China

A reportagem é publicada por O Estado de S.Paulo, 29-05-2019.

O jornal estatal Diário do Povo afirmou que os Estados Unidos não devem subestimar a capacidade de Pequim de adotar medidas retaliatórias para salvaguardar seus interesses.

Em Washington, embora o Pentágono não tenha fornecido detalhes do relatório, ele disse que está vinculado a um programa federal destinado a reforçar a capacidade de produção doméstica, oferecendo incentivos econômicos “sob medida”.

“O departamento continua a trabalhar em estreita colaboração com o presidente, o Congresso e a base industrial para diminuir a dependência americana da China de terras-raras”, disse à Reuters um porta-voz, o tenente-coronel Mike Andrews.

O programa Americano DPA Title III foi projetado “para criar, manter, proteger, expandir ou restaurar a capacidade da base industrial doméstica”, segundo um site do Departamento da Defesa.

As notícias do dia mexeram com o mercado ao jogarem um balde de água fria na expectativa de que as duas maiores economias do mundo cheguem a um acordo comercial. Nos Estados Unidos, as principais Bolsas fecharam em queda.

A China foi responsável por 80% das importações de terras-raras dos EUA entre 2014 e 2017.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

EUA tentam reduzir dependência de minério da China - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV