Onyx diz que usou verba pública na campanha de Bolsonaro para “construir um futuro para o país”

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • ''Há um plano para forçar Bergoglio a renunciar", denuncia Arturo Sosa

    LER MAIS
  • EUA: um complô para fazer com que o papa renuncie

    LER MAIS
  • A força de Theodor Adorno contra a extrema direita

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

03 Janeiro 2019

De acordo com apuração feita pelo jornal Folha de S. Paulo, registros da Câmara dos Deputados mostram que o principal líder da transição de governo, apesar de seu discurso ético e moral, gastou R$100 mil em verbas da Casa para bancar voos durante o período oficial de campanha.

A reportagem é publicada por Agência Brasil, 01-01-2019.

Futuro ministro da Casa Civil, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM/RS) disse que usou verba da Câmara Municipal para custear vôos durante a campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República porque estava “ajudando a construir um novo futuro para o nosso país”.

“Eu não tenho que me defender de nada. Está tudo dentro, rigorosamente, dentro da legislação da Câmara dos Deputados. Enquanto congressista e deputado, eu tenho a prerrogativa e direito de andar no lugar do Brasil que eu quiser e eu estava ajudando a construir o que, hoje, nós estamos vivendo: a transição de um novo futuro para o nosso país”, alegou em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, nesta segunda-feira (31), segundo o site Congresso em Foco.

De acordo com apuração feita pelo jornal Folha de S. Paulo, registros da Câmara dos Deputados mostram que o principal líder da transição de governo, apesar de seu discurso ético e moral, gastou R$100 mil em verbas da Casa para bancar voos durante o período oficial de campanha.

As principais viagens foram entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Juiz de Fora, cidade onde Bolsonaro sofreu um atentado em setembro.

A verba faz parte da cota parlamentar que os deputados têm para cobrir custos, como viagens, mas o uso é proibido para fins eleitorais.

Onyx disse que a reportagem da Folha faz parte de uma tentativa de desestabilizar o novo governo. “Bem-vindos ao terceiro turno. Mas a gente não se assusta, porque sabemos que estamos com a verdade. Eu tenho tranquilidade absoluta”, declarou.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Onyx diz que usou verba pública na campanha de Bolsonaro para “construir um futuro para o país” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV