A tragédia de Campinas e a suspensão do Estatuto do Desarmamento. Nada muda, segundo Onyx Lorenzoni

Revista ihu on-line

Veganismo. Por uma outra relação com a vida no e do planeta

Edição: 532

Leia mais

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Mais Lidos

  • Presidente do Bradesco enquadra Bolsonaro: não está entregando o combinado

    LER MAIS
  • “O capitalismo está sob séria ameaça”, adverte Raghuram Rajan, economista que previu a crise financeira global

    LER MAIS
  • Um presidente errático em sintonia com frustrações e anseios inconscientes

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

12 Dezembro 2018

Com a suspensão do estatuto do desarmamento, se teme que episódios muito comuns nos Estados Unidos, como massacres levados a cabo por atiradores, possam se tornar mais frequentes no Brasil. Vimos uma amostra do que pode acontecer ontem. Em Campinas, um homem armado entrou na Catedral Metropolitana e atirou contra oito pessoas que rezavam no local. Quatro não resistiram aos ferimentos.

A informação é publicada por Outra Saúde, 12-12-2018.

Euler Fernando Grandolpho se matou assim que os policiais entraram na igreja. O homem de 49 anos estava desempregado, morava com o pai, sofria de depressão e, segundo vizinhos, era agressivo e tinha posse de arma. Um perfil, ao que parece, que tem vários pontos de contato com o de autores de atentados assim.

Mas o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou ontem que o ataque não muda a disposição do novo governo em liberar as armas. Para ele, “são coisas completamente diferentes” episódios do tipo e armamento da população.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A tragédia de Campinas e a suspensão do Estatuto do Desarmamento. Nada muda, segundo Onyx Lorenzoni - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV