Sem garantia do fim da greve

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Segunda onda da covid-19 no Brasil é ‘risco iminente’, alerta Nicolelis

    LER MAIS
  • A horripilante foto eleitoral da ‘terrorista de direita’

    LER MAIS
  • Os ricos do mundo mais ricos com a covid

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


28 Mai 2018

O vaivém das ações do governo e a pulverização de comando da greve dos caminhoneiros não permite atestar que mesmo com as novas concessões anunciadas por Michel Temer a paralisação nos transportes rodoviários vai cessar em definitivo.

A informação é publicada por O Estado de S. Paulo, 28-05-2018.

Nem a ameaça de multas pesadas e o emprego das Forças Armadas foi capaz de desobstruir as estradas e restabelecer o transporte de cargas por completo. Diante das novas concessões, se avoluma a pauta de exigências e novas categorias começam a ameaçar parar na esperança de obter benefícios similares.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sem garantia do fim da greve - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV