Valores liberais têm intensa presença nas periferias de SP, aponta pesquisa

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que deve ser cancelado? Eis a questão

    LER MAIS
  • Cardeal Luis Antonio Tagle: a melhor nomeação do papa

    LER MAIS
  • CNBB emite nota sobre o desrespeito à fé cristã

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

30 Março 2017

Fundação Perseu Abramo mostra que ideias como "faça você mesmo", individualismo, competitividade e eficiência têm aumentado nas regiões periféricas.

Para mostrar o imaginário social dos moradores da periferia de São Paulo, a Fundação Perseu Abramo apresentou pesquisa para mostrar o avanço do consumo, da teologia da prosperidade, representada pelas religiões evangélicas, e do empreendedorismo popular. A análise demonstra uma intensa presença dos valores liberais do "faça você mesmo", do individualismo, da competitividade e da eficiência.

A reportagem é publicada por Rede Brasil Atual - RBA, 28-03-2017.

A pesquisa mostra que a população tendencialmente acredita na política, mas não crê em partidos. Além disso, a comunidade reconhece a importância da coletividade, mas almeja crescer individualmente; busca transformações, mas é pouco afeita a rupturas; anseia por novas idéias, mas é também pragmática.

O relatório mostra que esse novo caldo cultural exigirá renovações tanto na forma como se realiza a política partidária, assim como no conteúdo das políticas públicas que se implementam. "Este cenário de descrédito da política, compreensão do Estado como máquina ineficaz, somada à valorização da lógica de mercado e a ideologia do mérito abrem espaços para candidatos e projetos como o do João Doria 'um não político, gestor trabalhador que ascendeu e, por isso, não vai roubar'", aponta a conclusão do relatório.

"A mistura entre valores do liberalismo, do individualismo, da ascensão pelo trabalho e do sucesso pelo mérito, com valores mais solidários e coletivistas relacionadas à atuação do Estado, à ampliação da inclusão social, permeiam a visão de mundo e o imaginário dessa nova classe trabalhadora das periferias de São Paulo", diz a pesquisa.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Valores liberais têm intensa presença nas periferias de SP, aponta pesquisa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV