There won't be Olimpiadas

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • “É triste ver cristãos acomodados na poltrona”. O alerta do papa Francisco contra a acídia

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


25 Abril 2016

“A cidade alaga? Blame the chuva. A ciclovia cai. Blame the sea. If you die here, pode ter certeza de que the blame is on you. Especialmente if you are black ou gay or trans. Sei que aí vocês têm ameaça terrorista. Mas você viu nosso Congresso? A Al Qaeda is a lot better than PMDB”, escreve Gregório Duvivier, ator e escritor, em artigo publicado por Folha de S. Paulo, 25-04-2016.

Segundo ele, “Vocês têm uma polícia antiterror. Aqui quem toca o terror é a polícia. Vocês têm soldados que foram torturados pelo Estado Islâmico. Aqui quem tortura é o Estado Brasileiro mesmo – and the torturator is a hero. Welcome to BrasISIS. 

Eis o artigo.

Pessoal, 

we are sorry mas there won't be Olimpiadas. Não vai ter. Quer dizer, não é nem bom dizer que não vai ter. Porque tudo o que, no Brasil, a gente diz que não vai ter acaba tendo. "Não vai ter Copa." Teve. "Não vai ter golpe." Tá tendo. Ou seja: vai ter Olimpíadas, sim. Só que não. But not. 

Desculpa mesmo. É chatíssimo convidar as pessoas e logo depois desconvidar. Sei que muita gente já se programou, comprou passagem e tal. Mas vocês devem estar acompanhando o noticiário. Não tem clima. There is no climate. 

Vamos supor que vocês tivessem marcado um get together, um forró, um salsifré. Vocês estão no meio dos preparativos e – sabe aquela infiltração que vocês tinham enchido de cimentcola? – how do you say cimentcola in english? 

Então, aquela rachadura começa a crescer e de repente there is not cimentcola enough in the world to cover the mess, e daí a parede começa a ruir, e junto com ela teto, e o sótão, e a sua avó que morava lá, e de repente você tá no meio dos escombros, contando os mortos e os feridos, o que você faz? Acertou. Cancela o get together

Juro que não é má vontade. It's not bad will. Pra receber vocês chegamos a expulsar muita gente de casa. Removemos umas 300 famílias só pra ganhar espaço na sala. 

A única família que precisava ser removida continua lá: a família Cabral. They are our Sopranos, but without the charisma. Botamos pra organizar essa bagaça um garoto de 24 anos, the boy of the gang. Blame on us. 

A cidade alaga? Blame the chuva. A ciclovia cai. Blame the sea. If you die here, pode ter certeza de que the blame is on you. Especialmente if you are black ou gay or trans. Sei que aí vocês têm ameaça terrorista. Mas você viu nosso Congresso? A Al Qaeda is a lot better than PMDB

Vocês têm uma polícia antiterror. Aqui quem toca o terror é a polícia. Vocês têm soldados que foram torturados pelo Estado Islâmico. Aqui quem tortura é o Estado Brasileiro mesmo – and the torturator is a hero. Welcome to BrasISIS. 

If you really want to visit, a gente pensa em outra coisa, uma ação entre amigos, uma força-tarefa. 

Vocês podem ajudar a gente a consertar a casa, resgatar os corpos, daí no fim do dia a gente organiza um get together, um samba, um pagode, alguma coisa sem gastar tanto dinheiro público ou expulsar ninguém de casa. A gente vai se falando.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

There won't be Olimpiadas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV