“De Olho nos Ruralistas”: uma iniciativa para pôr o agronegócio nas manchetes

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Desmonte do SUS: decreto anuncia privatização da atenção básica em retrocesso histórico

    LER MAIS
  • O Papa, os Gays e o Ídolo da Doutrina Imutável

    LER MAIS
  • Ser humano e inteligência artificial: os próximos desafios do onlife. Entrevista com Luciano Floridi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


27 Mai 2016

Mostrar o Brasil agrário que se esconde longe das manchetes dos jornais e tem a força da bancada mais representativa do Congresso, a dos ruralistas, essa é a proposta ambiciosa do “De Olho nos Ruralistas”. O projeto de jornalismo independente prevê a realização de uma webTV e de um site com a missão de falar sobre a questão agrária, seus impactos sociais e ambientais, e denunciar o que a grande mídia não tem interesse em divulgar.

A reportagem é de Duda Menegassi, publicada por O Eco, 25-05-2016.

Para sair do papel, a iniciativa lançou uma campanha de financiamento coletivo através do site Outras Palavras São Outros Quinhentos. A meta mínima é de 72 mil reais, suficiente para cobrir os custos de um programa quinzenal para webTV até janeiro de 2017 e a manutenção do site, com o pagamento da equipe. Também está planejada nas despesas uma oficina, em dezembro deste ano, sobre imprensa e questão agrária. O prazo final para obter as colaborações é dia 20 de julho.

O projeto se divide em quatro eixos principais: “De Olho na Comida”, para discutir agrotóxicos, alimentos orgânicos e tudo o que vai para a mesa do brasileiro; “De Olho nos Conflitos”, para analisar a reforma agrária e o enfrentamento aos camponeses e indígenas; “De Olho no Ambiente”, para denunciar a destruição dos biomas e uso inconsciente dos recursos naturais; e “De Olho no Agronegócio”, para debater o lobby econômico e político das empresas e a interface com o Congresso Nacional.

Um dos repórteres que integram o grupo, Alceu Castilho pontua que “observar o agronegócio, em um país como o Brasil, significa fiscalizar um dos pilares do atraso. Seja em seu formato supostamente moderno, na verdade extremamente predador (para os biomas, para as águas), seja pela resistência de formas arcaicas, os latifúndios desmatadores, exploradores de mão de obra, incompatíveis com o exercício pleno de uma cidadania no campo. A grande imprensa não questionará esse modelo porque faz parte dele. Por isso a necessidade de uma iniciativa independente, focada na fiscalização do poder político e econômico do agronegócio e na defesa de direitos humanos, sociais e ambientais – na ideia de uma verdadeira democracia no campo e de uma apropriação sustentável dos recursos naturais.”

O projeto tem o apoio da TV Drone e do site Outras Palavras. Assista o vídeo produzido pela iniciativa “De Olho nos Ruralistas”:

{youtube}L68iUoafF0E{/youtube}

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“De Olho nos Ruralistas”: uma iniciativa para pôr o agronegócio nas manchetes - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV