Como ajudar os refugiados sírios no Brasil e no mundo?

Revista ihu on-line

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Mais Lidos

  • Adaptando-se a uma ''Igreja global'': um novo comentário internacional sobre o Vaticano II. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Livro analisa os teólogos, a virada ecumênica e o compromisso bíblico do Vaticano II

    LER MAIS
  • Assim arma-se a próxima crise financeira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

09 Setembro 2015

Nos últimos dias, a crise humanitária na Síria, que já dura mais de quatro anos, voltou a ganhar destaque na imprensa e nas redes sociais, com o aumento de registro de milhares de refugiados sírios tentando fugir do país em direção a Europa. A foto de uma criança síria morta em uma praia da Turquia também se transformou em um símbolo da tragédia e comoveu pessoas nos quatro cantos do mundo.

A reportagem é de Heloísa Mendonça, publicada pelo jornal El País, 05-09-2015. 

A maioria dos refugiados migram para países vizinhos, mas o Brasil se destaca como o principal destino da América Latina escolhido. Desde 2011, o país já recebeu 2.077 sírios que pediram refúgio, segundo dados da Acnur. Diante dessa grave situação, muitas pessoas se perguntam como podem ajudar. Segundo a Acnur, que possui uma rede de proteção para essas pessoas em situação vulnerável, as doações em dinheiro são a melhor alternativa. A agência da ONU para refugiados possui um site para uma doação mensal que permite ajudar, acesse aqui.

Confira abaixo uma lista de ONGS brasileiras que são referência para refugiados que chegam ao país:

Cáritas em São Paulo

A entidade presta serviço de acolhida integração a refugiados no país. Neste ano, atendemos 810 sírios, dos quais, 507 são recém-chegados. A Cáritas-SP tem recebido pedidos de ajuda de pessoas que permanecem na Síria e nos países da região, em condições de sobrevivência e segurança muito precárias.

Para quem quiser doar dinheiro, a conta é: Caritas Arquidiocesana de São Paulo - Banco Itaú, Agência 251, Conta corrente 7001-7, CNPJ 62021308/0001-70.

Cáritas no Rio de Janeiro

A Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro atua na busca pela proteção e promoção social dos direitos de refugiados(as) e solicitantes de refúgio. Mais informações aqui.

Adus

O Adus (Instituto de Reintegração do Refugiado) é uma entidade que apoia refugiados que vivem em São Paulo. Acesse a página do Instituto aqui.

Instituto Migrações e Direitos Humanos - Brasília

O Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), fundado em 1999, é uma entidade social sem fins lucrativos, filantrópica, cuja missão é promover o reconhecimento da cidadania plena de migrantes e refugiados.

Para quem quiser doar dinheiro, a conta corrente é 21578-3, agência 1419-2 do Banco do Brasil.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Como ajudar os refugiados sírios no Brasil e no mundo? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV