''Renovando a face da Terra'': convertendo-nos do antropoceno

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco: “Sou a favor das uniões civis, as pessoas homossexuais têm direito a uma família”

    LER MAIS
  • Somos todos “luderanos”. Artigo de Edelberto Behs

    LER MAIS
  • Não é novidade: Papa Francisco defende as uniões civis há anos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Março 2015

Em preparação para a Páscoa, os jesuítas da rede Ignatian Solidarity Network (ISN) estão oferecendo uma série de reflexões quaresmais em torno do tema Renewing the face of the Earth (Renovando a face da Terra).

Veja abaixo, na sessão "Para ler mais", as outras partes dessa série.

Autores de todo o mundo oferecem breves reflexões a partir de suas experiências de cuidado da criação e das leituras do dia. Essas reflexões diárias examinam a nossa fé e o modo como praticamos o cuidado ambiental.

A Ignatian Solidarity Network (ISN) é uma rede de justiça social que reúne universidades, colégios, paróquias, junto com diversas outras instituições católicas e parceiros seculares. Fundada em 2004, a rede se inspira na espiritualidade de Santo Inácio de Loyola.

A reflexão de hoje foi escrita por Daniel Spotswood, escolástico jesuíta da província de Oregon, nos EUA, atualmente estudando teologia em Bogotá, Colômbia. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis o texto.

O profeta Ezequiel, na leitura dessa sexta-feira (Ezequiel 18, 21-28) afirma que uma pessoa má que se afasta do pecado certamente irá viver, e Jesus nos encoraja a nos reconciliarmos com aqueles que nos rodeiam (Mateus 5, 20-26).

À luz do tema das mudanças climáticas desta semana, as leituras dessa sexta-feira nos chamam para a conversão e a reconciliação ecológicas com a Terra.

Muitos cientistas estão usando o termo "antropoceno" para descrever um novo período geológico em que estamos vivendo. O antropoceno se refere à ideia de que os humanos tiveram um impacto tão dramático sobre o ecossistema da Terra a ponto de alterar a sua evolução natural.

No antropoceno, os humanos são em grande parte responsáveis pelas mudanças no clima da Terra. Previsões futuras sobre os efeitos das mudanças climáticas antropogênicas são muitas vezes sombrias, mas, como as leituras dessa sexta-feira revelam, se mudarmos os nossos caminhos, se mudarmos as nossas práticas destrutivas em relação à Terra, podemos nos reconciliar com ela e viver.

Questões para reflexão:

  • Quais são algumas práticas concretas na minha vida cotidiana que eu poderia mudar a fim de viver de forma mais sustentável?
  • Como eu poderia compartilhar com os outros a importância de sermos mais ecologicamente conscientes das nossas ações?

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

''Renovando a face da Terra'': convertendo-nos do antropoceno - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV