Romero vive

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolsonaro é retratado como criminoso de guerra em vídeo sobre Amazônia

    LER MAIS
  • É desumano continuar a morrer sozinhos. E não digam que não poderia ter sido feito de outra forma

    LER MAIS
  • Posição da Associação Médica Brasileira sobre COVID-19 e Vacinação

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 26 Agosto 2014

A Igreja católica de El Salvador agradeceu ao Papa Francisco pelo “impulso” que deu à beatificação do arcebispo de San Salvador, Oscar Arnulfo Romero, assassinado em 1980.

 
Fonte: http://bit.ly/YVT6j3  

A reportagem está publicada no sítio espanhol Religión Digital, 25-08-2014. A tradução é de André Langer.

“A Igreja de El Salvador agradece profundamente a bondade do Papa de impulsionar com tanto entusiasmo a causa de dom Romero”, indicou o arcebispo de San Salvador, José Luis Escobar, em uma entrevista coletiva concedida após presidir a missa dominical na catedral metropolitana da capital.

Em 18 de agosto passado, o Pontífice considerou que “não há impedimento algum” para a beatificação do arcebispo salvadorenho, assassinado por um francoatirador da ultradireita no dia 24 de março de 1980 enquanto presidia a missa em uma capela de um hospital para cancerosos no setor noroeste de San Salvador.

Escobar assinalou que essas palavras do Papa, que, além disso, recordou que Romero é “um homem de Deus” e “compraz enormemente” a Igreja salvadorenha.

O prelado católico salvadorenho disse que a Igreja aguarda “a pronta” beatificação de dom Romero, que, em vida, foi considerado a voz dos sem voz e era visto como símbolo de uma Igreja que fez uma opção preferencial pelos pobres.

“Que Deus nos conceda a graça de ver logo nos altares o nosso tão amado bispo mártir”, disse Escobar.

A causa da beatificação de Romero foi aberta em 1993 e, após vários anos parada no Vaticano, foi desbloqueada pelo Papa Francisco em abril de 2013 e agora encontra-se nas mãos da Congregação para a Causa dos Santos.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Romero vive - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV