O Governo da Espanha se compromete a apoiar o V Centenário de Santa Teresa

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Rico ri à toa

    LER MAIS
  • Charles Chaput, arcebispo emérito da Filadélfia, chama o Papa Francisco de mentiroso

    LER MAIS
  • Papa Francisco e o Fiat 500

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Jonas | 28 Novembro 2013

A vice-presidente do Governo, Soraya Saenz de Santamaría, e os impulsionadores da Fundação V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus analisaram, hoje, os preparativos dos atos previstos para essa celebração, em 2015, que poderiam ser o motivo da primeira visita do papa Francisco a Espanha.

A reportagem é publicada por Religión Digital, 27-11-2013. A tradução é do Cepat.

Na reunião, ocorrida no Palácio da Moncloa, se fez um repasse dos passos dados até agora para essa comemoração, entre eles a consideração do acontecimento de excepcional interesse público, que implica em incentivos fiscais ao mecenato.

Também, segundo informou o Governo, comentou-se alguns dos atos culturais que poderiam ocorrer durante o V Centenário, com o objetivo de contribuir para destacar a figura de Santa Teresa e sua contribuição para o mundo das letras e da cultura espanhola.

O Conselho de Ministros aprovou, no dia 18 de outubro, o decreto real em que se cria e se regula a Comissão Nacional para a Comemoração deste evento.

Hoje, acordou-se sobre a importância de que se avance para convocar a sessão constitutiva deste órgão, no qual estarão presentes vários ministérios, instituições culturais e as comunidades de Valenciana, de Murcia, Castela e León, Castela-Mancha e Andaluzia.

Na reunião, presidida por Saenz de Santamaría, participou o secretário de Estado de Cultura, José María Lassalle; o prepósito geral dos Carmelitas Descalços, Saverio Cannistrá (que é a máxima representação desta ordem religiosa, no mundo, fundada por Santa Teresa de Jesus), e o bispo de Ávila, dom Jesús García Burillo.

Também estiveram presentes o ex-ministro e ex-prefeito de Ávila, Ángel Acebes, e o diretor da Universidade Internacional da Mística, instituição pertencente à Ordem dos Carmelitas Descalços, Javier Sancho Fermín, assim como outros representantes da Fundação.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Governo da Espanha se compromete a apoiar o V Centenário de Santa Teresa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV