Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

A boa nova das culturas indígenas acolhe a boa nova de Jesus

"A boa nova das culturas indígenas acolhe a Boa Nova de Jesus” é o principio norteador da catequese inculturada da Diocese de São Gabriel da Cachoeira, AM. O relato é de Dom Edson Damian, bispo de São Gabriel da Cachoeira.

Eis o relato.

Foi com esse lema que a Diocese de S. Gabriel da Cachoeira (AM) realizou, de 22 a 25 de outubro, um encontro e estudo sobre a relação entre a ação evangelizadora da Igreja através da catequese e o respeito e diálogo com as tradições indígenas do Rio Negro.

O encontro aconteceu como um desdobramento do I Seminário sobre Catequese indígena inculturada, que ocorreu na Diocese de 1º a 4 de maio de 2013, assessorado pelo Padre Eleazar Lopez Hernandez, do México.

As dez paróquias, com seus párocos e a representação de quatro catequistas, foram motivadas pela leitura de um texto elaborado pelo padre salesiano indígena Justino Rezende. O texto serviu de base para pensar valores da cultura nativa que poderiam servir de ponto de referência para os conteúdos da catequese tradicional.

O objetivo final do encontro foi estabelecer os conteúdos e a metodologia própria para o ministério catequético, realizado com tanto afinco e esperança por inúmeros catequistas nas mais distantes comunidades ribeirinhas, aldeias indígenas e nas três cidades que compõem a diocese.

A missionária leiga, Maria Soares de Camargo, enviada pelas Igrejas do Sul 1 para trabalhar três anos na Diocese, participou e colaborou no evento.

Dia após dia, verificou-se um comprometimento bastante significativo do grupo em produzir e partilhar os frutos dos trabalhos realizados nas paróquias, além de grande esforço em buscar elementos para avançar rumo ao ideal almejado.

Como resultado desse trabalho, a Diocese colheu a sistematização de sete encontros refletidos e preparados durante a semana de estudo, e ainda restaram outros sete temas a serem elaborados nas paróquias até o próximo dia 01 de dezembro. No início de fevereiro, após a celebração da ordenação presbiteral do indígena Gaudêncio Gomes Campos, um grupo se reunirá para retrabalhar os roteiros, que serão aplicados experimentalmente nas diferentes comunidades durante o ano de 2014.

Foram agendados também para o ano de 2014 encontros de formação intensiva, com a duração de uma semana, em cada uma das paróquias da diocese. Para tanto, a equipe de catequese diocesana, acompanhada pessoalmente pelo bispo Dom Edson Damian, visitará cada sede paroquial, procurando ajudar as comunidades a avançar ainda mais a composição do diálogo entre fé cristã e cultura indígena.

No último dia de trabalhos do Encontro, além do planejamento das próximas atividades e composição da equipe diocesana de formação catequética, o encontro contou também com uma exposição acerca de ações do Papa Francisco e a leitura e discussão de sua reveladora entrevista dada à Revista Civittá Católica, publicada em 19 de setembro último.

Os participantes foram unânimes em agradecer a Deus e às equipes pelo árduo trabalho, que, fecundado pelo Espírito, levou a atingir e mesmo a superar os objetivos propostos para concretizar o principio norteador da catequese inculturada: “A boa nova das culturas indígenas acolhe a Boa Nova de Jesus”.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"Se é verdade que houve um erro em expor-se um animal selvagem no episódio aqui relatado, também ..." Em resposta a: 'Erramos', diz Rio 2016 após morte de onça presente em tour da Tocha
"Estou de acordo com os professores.Quem tem direito as terras são os índios, não que sejam dono d..." Em resposta a: Acadêmicos do MS exigem punição para assassinos de Guarani Kaiowá
"Gostei, pois é assim que Igreja católica com seu espírito de supremacia gosta de se referir as Ig..." Em resposta a: A Igreja Católica Romana não é Igreja, afirma sínodo da Igreja ortodoxa

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes

Conheça a página do ObservaSinos

Acompanhe o IHU no Medium