Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

Mobilização Nacional Indígena encaminha reivindicações ao governo, STF e Congresso

Indígenas exigem o arquivamento das principais propostas e medidas contrárias aos direitos indígenas, retomada das demarcações e manutenção dos atuais procedimentos demarcatórios.

A reportagem é do Instituto Socioambiental – Isa, 04-10-2013. Foto: Frederico Viegas - ISA.

Representantes da Mobilização Nacional Indígena encaminharam, nessa sexta-feira (4/10), ao Palácio do Planalto e ao Supremo Tribunal Federal (STF) documentos com suas reivindicações. Ontem, uma comissão de parlamentares já tinha recebido o mesmo texto encaminhado à Presidência da República.

Os indígenas exigem o arquivamento das principais propostas e medidas contrárias aos direitos indígenas, como a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215/2000, o Projeto de Lei Complementar (PLP) 227/2012 e a Portaria 303/2012 da Advocacia-geral da União. Reivindicam ainda a retomada das demarcações das Terras Indígenas e a manutenção dos atuais procedimentos demarcatórios, além do fortalecimento da Fundação Nacional do Índio (Funai), entre outros pontos.

O país foi tomado nesta semana por uma série de manifestações, trancamentos de rodovias e atos promovida pela mobilização, convocada pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) em defesa da Constituição, dos direitos de populações indígenas e tradicionais.

Por causa dos protestos, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), determinou, pelo menos por uma semana, a suspensão das atividades e da tramitação de projetos ligados à questão indígena. A presidenta Dilma Rousseff afirmou, por meio do Twitter, que é contra a PEC 215 e que orientou sua base parlamentar a rejeitar a proposta.

Representantes da mobilização também protocolaram um documento no STF em que pedem que seja realizado o julgamento dos embargos apresentados sobre as 19 condicionantes da decisão que autorizou a demarcação em área contínua da Terra Indígena Raposa-Serra do Sol (RR), de 2003.

Um dos embargos questiona se essas condicionantes poderiam ser aplicadas às outras Terras Indígenas. A decisão é importante porque algumas das condicionantes restringem drasticamente os direitos dos índios sobre essas áreas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"Nesta idade já se pode ter bens em seu nome?" Em resposta a: Aos 7 anos, “Michelzinho” já tem R$ 2 milhões em imóveis
"Apesar de estar homologado pelo Greenpeace, eu não acredito na disposição do Walmart, uma rede de..." Em resposta a: Walmart assume política de Desmatamento Zero para toda a carne vendida nas lojas
"A Florença da época era dos Médicis (e seu chanceler Maquiavel), os Bórgias governavam Roma. Era..." Em resposta a: Cadê o Leonardo?

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes

Conheça a página do ObservaSinos

Acompanhe o IHU no Medium