Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

Comunidade ameaçada de remoção apresenta projeto de reurbanização

O projeto de urbanização da Vila Autódromo será apresentado hoje (16)  ao prefeito Eduardo Paes. A comunidade vizinha do terreno do futuro Parque Olímpico, na Barra, é ameaçada de remoção pela prefeitura do Rio de Janeiro.

A reportagem foi publicada no sítio Combate ao Racismo Ambiental, 16-08-2012.

Plano Popular da Vila Autódromo (PPVA) foi elaborado pela Associação de Moradores da Vila Autódromo com a assessoria técnica de especialistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), que fazem parte do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas do Rio de Janeiro.

É a primeira vez que um projeto deste tipo é apresentado para contestar a remoção de uma comunidade. O estudo comprova que a urbanização da área é a opção mais vantajosa para os cofres públicos que o despejo dos moradores.

A implementação do PPVA está orçada em 13 milhões e 500 mil reais, valor que corresponde a apenas 35% dos 38 milhões de reais previstos para o reassentamento total da comunidade.

O Plano prevê, dentre outras coisas, o esgotamento sanitário de toda a área, a dragagem do canal paralelo à Avenida Abelardo Bueno, a recuperação da faixa marginal da Lagoa de Jacarepaguá, a criação de novas áreas comunitárias de esporte e lazer, a inclusão da comunidade no programa Saúde da Família, além da construção uma creche e uma escola municipal.

Essa não é a primeira ameaça de remoção vivida pela comunidade. Já na preparação dos Jogos Panamericanos, em 2007, houve tentativas de expulsar os moradores da Vila Autódromo. Por meio de manifestações, a comunidade conseguiu impedir a remoção.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"pouca densidade atribuída "às ruas" ... e o stf??? prá mim não está definido ... ainda ..." Em resposta a: O xadrez do novo normal jurídico
"Gostei dessa mulher. É com gente deste tipo que se faz uma Nação." Em resposta a: Hebe de Bonafini reconheceu ter se equivocado com o Papa Francisco e se diz orgulhosa: “Ele é peronista”

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes

Conheça a página do ObservaSinos

Acompanhe o IHU no Medium