Vaticano impõe ordem ao braço leigo dos Legionários

Revista ihu on-line

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Direito à Moradia, Direito à Cidade

Edição: 533

Leia mais

Veganismo. Por uma outra relação com a vida no e do planeta

Edição: 532

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa propõe um abalo radical na Cúria Romana

    LER MAIS
  • Ratzinger e a influência sobre o conclave

    LER MAIS
  • Como superar a acídia, vício por excelência, segundo os monges? Entrevista com Enzo Bianchi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

28 Novembro 2011

Em uma recente carta, o delegado pontifício dá indicações concretas sobre o caminho que os consagrados do Regnum Christi devem percorrer depois do "comissariamento".

A reportagem é de Giacomo Galeazzi, publicada no sítio Vatican Insider, 27-11-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

A receita da Santa Sé: chamado à ordem para o "braço leigo" da Legião. Com uma carta datada de 21 de novembro, o delegado pontifício Velasio De Paolis oferece indicações concretas sobre o caminho que os consagrados do Regnum Christi devem percorrer depois da visita apostólica que comissariou também o ramo leigo dos Legionários de Cristo. Atualmente, o movimento conta com cerca de 70 mil membros, jovens e adultos, diáconos e sacerdotes, em mais de 30 países em todo o mundo. Os membros do Regnum Christi são convidados a "testemunhar com seu próprio estilo de vida o amor por Cristo e pela Igreja".

O cardeal De Paolis aborda cinco pontos: as competências dos assistentes para os membros consagrados; o regulamento que estará em vigor durante a fase de revisão; a comissão central para a revisão dos estatutos e do regulamento do Regnum Christi; o aprofundamento de alguns temas fundamentais por meio de conferências e jornadas de estudo e a diferença necessária entre reflexões, sugestões e decisões formais durante o processo que já está em curso. A carta conclui com uma exortação à oração, ao diálogo e à gratidão pelo dom da consagração a Deus na Igreja e no Regnum Christi.

No ato de nomeação do cardeal De Paolis, no dia 16 de junho de 2010, Bento XVI indicou que a missão do delegado é "governar, em meu nome, esse instituto religioso pelo tempo que for necessário para realizar o caminho de renovação e conduzi-lo à celebração de um capítulo geral extraordinário, que terá como principal objetivo levar a termo a revisão das constituições".

Movimento de apostolado

A Legião de Cristo é uma congregação religiosa de direito pontifício, fundada em 1941. tem como missão a extensão do Reino de Cristo na sociedade, "segundo as exigências da justiça e da caridade cristã, e em estreita colaboração com os bispos e os programas pastorais de cada diocese". Hoje, em suas fileiras, contam-se mais de 800 padres e 2.500 seminaristas maiores e menores. Tem centros de formação e casas de apostolado em 22 países.

O Regnum Christi, ao contrário, é um movimento de apostolado ao serviço dos homens e da Igreja. Compartilha o carisma da congregação dos Legionários de Cristo. O movimento Regnum Christi também é "um caminho de vida espiritual para os leigos e os sacerdotes diocesanos que, partindo da experiência do amor de Cristo, o colocam no centro da sua própria vida como modelo e inspiração no caminho da vida cristã rumo à santidade".

A vocação dos membros do movimento é a de "viver, conhecer, testemunhar e comunicar o amor de Jesus com alegria e com entusiasmo, para se tornar homens e mulheres que, com o seu seu exemplo de vida, encorajam os outros a se aproximar de Cristo". Além disso, o "Regnum Christi também é uma família espiritual que oferece ao indivíduo uma formação harmoniosa (espiritual, intelectual, humana e pastoral) e os meios para concretizar a caridade e o zelo apostólico de cada um, através das atividades dirigidas a cada idade e a cada estado de vida".

Os sacerdotes Legionários de Cristo e os membros do Regnum Christi "colocam no centro da sua espiritualidade o amor por Cristo que se torna amor e serviço à Igreja. Portanto, oferecem com humildade a sua própria colaboração aos pastores locais, segundo o carisma próprio do Movimento, cooperando com a formação integral dos seus membros e colocando-se ao serviço da paróquia e da diocese".

Além disso, a Legião de Cristo e o Regnum Christi promovem instituições (como o Pontifício Colégio Internacional Maria Mater  Ecclesiae), atividades e publicações – como o Instituto Sacerdos e a revista Ecclesia que se proponham a contribuir "para a formação e a perseverança" dos sacerdotes e seminaristas diocesanos.

No dia 26 de novembro de 2004, a Santa Sé concedeu a aprovação definitiva dos estatutos do movimento de apostolado Regnum Christi. O texto do decreto esclarece que a sua finalidade é: "A instauração do Reino de Cristo entre os homens, através da santificação dos seus membros, no estado e na condição de vida com os quais Deus os chamou, e através de uma ação apostólica pessoal e organizada ao serviço da Igreja e dos seus pastores. O seu carisma específico é o mesmo da Legião de Cristo e consiste em conhecer, viver e pregar o mandamento do amor que Jesus Cristo Redentor veio para nos transmitir na Encarnação".

O ponto central diz respeito aos apostolados que a Legião e o Regnum Christi oferecem atualmente como um serviço direto às paróquias. As paróquias, de fato, devem se beneficiar sobretudo da formação que o Regnum Christi oferece aos seus próprios membros. O movimento é convidado a motivar cada um deles a serem ativos na sua própria comunidade paroquial. Além disso, devem ser alimentadas obras particulares para a catequese e as missões populares, como a Juventude e a Família Missionárias, programas abrangentes como os Evangelizadores de Tempo Integral, que atuam na dependência dos bispos e dos párocos, as Escolas da Fé, que preparam catequistas prontos para um compromisso efetivo, além dos subsídios formativos e pastorais que os párocos podem empregar nas suas paróquias (rede para a formação da famílias e dos filhos, apostolados familiares, núcleos de vida cristã, clubes juvenis).

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano impõe ordem ao braço leigo dos Legionários - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV