24 de março de 1980

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


24 Março 2017

Fonte: http://bit.ly/18b9KiX

Dom Oscar Romero morreu no dia 24 de março de 1980 (El Salvador).

Ele sabia que iam matá-lo e sabia de onde Ele viria a bala.

Foi assassinado de um só disparo no coração, enquanto rezava a missa na capela de um hospital para doentes de câncer. Ele era então o líder mais popular do país e também um pacifista incômodo em um país à beira da guerra civil. Suas homilias, que eram transmitidas por rádio, chegavam a todos os cantos do país.

Havia sido nomeado arcebispo em 1977, com o apoio dos setores mais conservadores da Igreja.

Mas a morte de um sacerdote de base muito amigo, assassinado por paramilitares junto com dois agricultores, o levou a denunciar cada vez com mais força os massacres dos grupos paramilitares que se sucediam diariamente. Também o levou a aprofundar sua opção pelos pobres a partir dos textos do Concílio Vaticano II e do Congresso de Medellín.

Romero será beatificado no dia 23 de maio

O bispo mártir de El Salvador, Óscar Arnulfo Romero, será beatificado no próximo dia 23 de maio, segundo anunciou, em terras salvadorenhas, o postulador da causa, cardeal Vicenzo Paglia.

O presidente do Pontifício Conselho para a Famíia, que se encontra na América Central ultimando os detalhes do evento, adiantou a data na véspera do aniversário do assassinato de Rutilio Grande.

“Não se pode entender a Romero sem Rutilio”, declarou.

Paglia chegou a El Salvador para reunir-se com o presidente Salvador Sánchez Cerén e a alta hierarquia da cúria salvadorenha. O enviado do Vaticano já definira a data da beatificação e veio discutir a organização do evento com ambos.

Na tarde de hoje, Paglia visitará o túmulo de Romero e presidirá uma missa de ação de graças na paróquia de San José de La Montaña.

Romero foi assassinado no dia 24 de março de 1980, por ódio à fé.

Paglia acredita que que a demora da causa de beatificação somente confirma os desígnios de Deus. “Romero deveria ser beatificado sob o pontificado do primeiro papa latino-americano. Hoje consigo explicar mais profundamente as causas de tantos atrasos: Deus esperava o papa Francisco. Deus escreveu esta página com as linhas tortas dos opositores”, afirmou Paglia antes de viajar para El Salvador. (A informação é publicada por Religión Digital, 11-03-2015. (A tradução é de IHU On-Line).

Leia mais

Estátua de Romero no pórtico dos mártires na Abadia de Westminster.   Fontehttp://bit.ly/1xeiWi5

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

24 de março de 1980 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV