Aquecimento dos oceanos e a perda de corais podem reduzir mais de 40% na diversidade de peixes de recife

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • O declínio da Teologia da Libertação: uma releitura de 'O novo rosto do clero' de Agenor Brighenti

    LER MAIS
  • Liturgia e sinodalidade. Questões-chave

    LER MAIS
  • Biden e o Papa – a lista negra da Igreja nos Estados Unidos e o futuro do catolicismo. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Julho 2021

 

Prever os efeitos potenciais da perda de corais nas comunidades de peixes em todo o mundo é uma tarefa fundamental, especialmente considerando que os peixes de recife fornecem proteínas a milhões de pessoas.

A reportagem é publicada por University of Helsinki e reproduzida por EcoDebate, 30-06-2021. A tradução e edição são de Henrique Cortez.

Um novo estudo liderado pela Universidade de Helsinque prevê como a diversidade de peixes responderá aos declínios na diversidade de corais e mostra que a perda futura de corais pode causar uma redução de mais de 40% na diversidade de peixes de recife globalmente.

Os corais branqueiam cada vez mais e frequentemente morrem quando a água esquenta. O que acontecerá com os peixes se não houver recifes alternativos para onde nadar?

As poucas espécies de peixes que se alimentam de corais inevitavelmente morrerão de fome, mas o resto pode encontrar um habitat rochoso alternativo para persistir. Até agora, tem sido difícil fazer os estudos em larga escala que podem projetar quais peixes permanecerão em um mundo sem corais. Um novo estudo liderado por Giovanni Strona, da Universidade de Helsinque, descobriu que as projeções globais da diversidade de peixes sem corais são tão baixas quanto sugerem os experimentos em pequena escala.

Uma equipe internacional de biólogos marinhos começou mapeando a diversidade de peixes tropicais e corais nos oceanos do mundo para cada grau quadrado de latitude e longitude. Esses mapas sem precedentes mostraram o que os biólogos marinhos já sabem há muito tempo, a diversidade de peixes e corais varia amplamente, com muito mais espécies no “triângulo de coral” do Indo-Pacífico do que no Atlântico ocidental e no Pacífico oriental.

Os hotspots de diversidade marinha são explicados há muito tempo pela maneira como a latitude, o habitat, a temperatura e a geografia afetam as taxas de especiação e extinção entre corais e peixes. Depois de controlar os fatores que impulsionam a diversidade em geral, os autores descobriram que áreas com diversos corais ainda tendiam a ter peixes mais diversos, sugerindo que a diversidade de corais gera diversidade de peixes.

“Isso não é particularmente surpreendente, dado que os corais fornecem uma fonte de alimento única para algumas espécies, bem como um habitat tridimensional que muitas espécies usam como abrigo. E os peixes que dependem de corais podem ser presas de peixes que não dependem diretamente de corais ”, diz o principal autor Giovanni Strona, da Universidade de Helsinque.

Depois de ajustar a linha entre a diversidade de corais e a diversidade de peixes, os autores fizeram um experimento de pensamento simples. Eles anteciparam a extirpação global de corais extrapolando a associação peixes vs corais até o ponto em que nenhuma espécie de coral foi deixada. Essa extrapolação sugere que cerca de 40% dos peixes de recife tropical do mundo podem desaparecer caso os corais desapareçam.

Conforme mostrado em experimentos em menor escala, esta é uma perda muito maior do que aquelas espécies conhecidas por depender direta ou mesmo indiretamente dos corais, sugerindo que as teias alimentares dos recifes de coral começarão a se desfazer se os corais forem extintos. Espera-se que esse desdobramento seja mais intenso em alguns lugares do que em outros. Espera-se que o Pacífico Central perderá mais de 60% de seus peixes de recife, em comparação com apenas 10% no Atlântico Ocidental.

“Primeiro, criamos um modelo estatístico para separar o efeito do meio ambiente, da biogeografia e da história sobre a diversidade de peixes e corais, prevendo com precisão a diversidade de peixes em escala local como uma resposta a várias variáveis ambientais, como temperatura da água, pH e salinidade e diversidade de corais”, Strona explica.

“Além de oferecer uma maneira de prever a diversidade de peixes em novas condições ambientais, a abordagem ofereceu uma ferramenta para explorar como a diversidade de peixes irá variar em resposta às mudanças na diversidade de corais”, continua Valeriano Parravicini, co-líder do estudo na Universidade de Perpignan.

“Para quem já gostou de mergulhar em um recife de coral, ou para os milhões de pessoas que dependem de peixes de recife para se alimentar, este experimento de pensamento deve ser preocupante. Mas também inspira maiores esforços para conservar e restaurar os recifes de coral. Os benefícios de fazer isso se estenderiam muito além dos corais, para peixes e outros organismos que dependem direta ou indiretamente dos corais ”, diz Kevin Lafferty, Cientista Sênior do US Geological Survey, da Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara.

 

Referência

Global tropical reef fish richness could decline by around half if corals are lost
Giovanni Strona, Kevin D. Lafferty, Simone Fattorini, Pieter S. A. Beck, François Guilhaumon, Roberto Arrigoni, Simone Montano, Davide Seveso, Paolo Galli, Serge Planes and Valeriano Parravicini
2021, Proc. R. Soc. B.2882021027420210274. Disponível aqui.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Aquecimento dos oceanos e a perda de corais podem reduzir mais de 40% na diversidade de peixes de recife - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV