Papa Francisco envia mensagem desejando melhoras ao Cacique Raoni, hospitalizado em Sinop

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • “Os pecados da carne não são os mais graves. Os mais graves são aqueles que têm mais 'angelicalidade': a soberba, o ódio”. Entrevista do Papa Francisco

    LER MAIS
  • Digital, serial, algorítmica, a cultura do século XXI chegou

    LER MAIS
  • Ômicron, natureza e arrogância humana: uma guerra entre patógenos e humanos. Artigo de Alexandre A. Martins

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Julho 2020

A defesa da Amazônia e de seus povos tem se tornado agenda prioritária para o Papa Francisco. Sempre atento e informado sobre o que acontece na região, sabendo que o cacique Raoni estava hospitalizado, se recuperando de uma hemorragia intestinal, tem enviado uma mensagem desejando melhoras ao líder indígena.

A informação de Luis Miguel Modino.

A mensagem do Papa Francisco, que se encontrou com Raoni Metuktire no dia 27 de maio de 2019, no Vaticano, enviada via Nunciatura Apostólica, tem sido entregue pelo bispo de Sinop, Dom Canísio Klaus, na visita que fazia ao líder indígena na manhã deste 21 de julho.

Raoni Metuktire, de 89 anos, segundo informou o hospital, aonde chegou no sábado passado desde o hospital da cidade de Colíder, depois que seu estado de saúde piorara, vai evoluindo favoravelmente em seu quadro clínico, até o ponto de que “trabalhamos com a possibilidade de alta até o final de semana conforme evolução clínica e resultados de exames”, segundo o último parte médico.

O líder do povo Kayapó perdeu no dia 23 de junho sua esposa, Bekwyjkà Metuktire, de 90 anos, que tinha sofrido um derrame e um infarte, e não foi levada ao hospital pelo medo de contrair a COVID-19. Este fato deixou muito abalado Raoni, que mora no Parque Nacional do Xingu, e tem se tornado uma das grandes lideranças na defesa da Amazônia, sendo considerado uma referência em nível internacional.

A atitude do Papa Francisco contrasta com a do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que chegou a condenar Raoni em discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas. O atual presidente sempre tem se manifestado contra os direitos dos povos indígenas, uma atitude assumida pelos seus seguidores, que nos últimos dias, sabendo do internamento do cacique Raoni, mostraram palavras desrespeitosas contra ele nas redes sociais.

Neste tempo de pandemia, que no Brasil já contagiou mais de 2,1 milhões de pessoas e custou a vida de mais de 80 mil pessoas, esses ataques aumentaram ainda mais, permitindo aquilo que sempre foi criticado pelo líder indígena: o desmatamento, a ação das mineradoras e do garimpo ilegal, o agronegócio, que está acabando com os direitos, a saúde e os territórios dos povos originários, especialmente na Amazônia.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa Francisco envia mensagem desejando melhoras ao Cacique Raoni, hospitalizado em Sinop - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV