Pfizer tinha pistas de que seu remédio poderia prevenir o Alzheimer. Por que não contou ao mundo?

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Nota de apoio e Solidariedade ao Papa Francisco e a Dom Orlando Brandes

    LER MAIS
  • Byung-Chul Han: smartphone e o “inferno dos iguais”

    LER MAIS
  • Os 13 tweets do Papa no dia do IV Encontro Mundial de Movimentos Populares

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


11 Junho 2019

A reportagem do Washington Post sobre a decisão da farmacêutica Pfizer de não prosseguir, nem informar sobre a descoberta que remédios já existentes poderiam prevenir o Alzheimer foi traduzida para o português pelo Estadão

A informação é publicada por Outra Saúde, 11-06-2019.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pfizer tinha pistas de que seu remédio poderia prevenir o Alzheimer. Por que não contou ao mundo? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV