CNBB e Cáritas Brasileira lançam SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui, um apelo de socorro às vítimas do Ciclone Idai

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O Papa doa aos pobres um prédio de luxo a poucos passos de São Pedro

    LER MAIS
  • Arautos do Evangelho. Vaticano retoma a intervenção

    LER MAIS
  • Papa aprovará padres casados na Amazônia, afirma teólogo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Março 2019

(Foto: Card de Divulgação da Campanha)

O SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui conclama a sociedade brasileira, as dioceses, paróquias, comunidades, congregações religiosas, colégios e todas as pessoas de boa vontade, para uma grande corrente de oração e solidariedade em favor das pessoas atingidas por esta tragédia. Três contas bancárias que são geridas pela Cáritas Brasileira estão disponíveis para doações.

A reportagem é publicada por Cáritas Brasil, 25-03-2019. 

Solidariedade à África

Centenas de milhares de pessoas foram afetadas pela passagem do ciclone Idai que devastou territórios inteiros na África do Sul, no último dia 14 de março. Moçambique, Zimbábue e Maláui foram os países mais atingidos pela catástrofe que já é a pior da história enfrentada pela população destes países. Até o momento, pelo menos 750 perderam a vida, mas estima-se que esse número possa passar de mil. No cenário urgente de ajuda humanitária, cerca de um milhão e meio de pessoas estão desalojadas.


Moçambique, Zimbábue e Maláui foram afetadas pelo ciclone. (Imagem: Google Maps)

Para organizar a solidariedade brasileira com as populações atingidas, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas Brasileira lançam a campanha SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui.

Os recursos arrecadados serão utilizados para ações de socorro imediato, água potável, alimentos, roupas, cobertores, kits de higiene, remédios, primeiros socorros e tendas, que serão coordenadas pela Cáritas Internacional, um organismo da Santa Sé. Com a solidariedade de cada pessoa, a Cáritas Internacional quer ainda ajudar na reconstrução de moradias e meios de vida das populações afetadas nos três países.

“Que o Deus da vida e da ternura derrame suas bênçãos sobre cada pessoa e comunidade pela colaboração e gesto amoroso, em favor das famílias de Moçambique, Zimbábue e Maláui”. Diz um trecho da carta assinada pelas presidências da CNBB e da Cáritas Brasileira, enviada para todas as paróquias do Brasil.

 

Para DOC e TED , o CNPJ da Cáritas Brasileira é: 33.654.419/0001-16

Banco do Brasil

Agência: 0452-9

Conta Corrente: 49.667-7

Caixa Econômica Federal

Agência: 1041 – Operação: 003

Conta Corrente: 4322-3

Santander

Agência: 3100

Conta Corrente: 13.061645-0

 

Serviço

Lançamento campanha SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui

Data: 25 de março de 2019

Outras informações: Osnilda Lima e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. tel. (61) 98366-1235

Acesse aqui a carta de apelo SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

CNBB e Cáritas Brasileira lançam SOS África: Moçambique, Zimbábue e Maláui, um apelo de socorro às vítimas do Ciclone Idai - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV