Cardeal Nichols, de Londres, celebra missa acolhendo católicos LGBT+, pais e familiares

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Intervenção nos jesuítas: quando Bergoglio impediu Bertone

    LER MAIS
  • Antonio Spadaro explica a teologia de Francisco ... e desmonta a religiosidade da extrema direita

    LER MAIS
  • Papa Francisco pede que bispos ensinem os fiéis a discernir nas eleições, na política

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

21 Janeiro 2019

O cardeal Vincent Nichols, arcebispo de Westminster, celebrou pela segunda vez uma missa acolhendo católicos LGBT+ católicos, pais e familiares, na festa do batismo do Senhor, no dia 13 de janeiro, domingo, na Igreja Jesuíta Farm Street. A igreja de Mayfair tem atividades pastorais e recebe o Conselho Pastoral de Católicos LGBT+ de Westminster, conforme orientações do cardeal.

A reportagem foi publicada por Independent Catholic News – ICN, 16-01-2019. A tradução é de Luísa Flores Somavilla.

Em sua homilia, o cardeal Vincent Nichols falou sobre a identidade radical que todos os cristãos passar a ter por meio do batismo, transcendendo todas as outras identidades. A comunidade da Igreja, formada por uma unidade batismal, tem como base o amor, e isso é vivido em um profundo compromisso com a amizade, incluindo a vida matrimonial e familiar.

O cardeal reiterou sua recente Carta Pastoral para a Diocese de Westminster: Estar 'em casa', em seu sentido óbvio, é entrar no círculo em que nascemos, que reúne as gerações de que fazemos parte. No entanto, 'em casa' também significa celebrar todo o amor e as amizades que nos sustentam. Inclui abraçar mais uma vez as importantes escolhas de vida que fizemos, bem como os deveres de fidelidade e suas graças... um momento para agradecer a Deus pela família, as famílias, a que pertencemos, seja por laço consanguíneo, laços de amizade ou laços criados por compromissos por livre escolha, incluindo as promessas da vida religiosa. A palavra 'família' é capaz de incluir diferentes padrões e dimensões da vida, com a experiência da tristeza e do fracasso, em alguns casos. (30 de dezembro de 2018)

Depois da missa, o cardeal expressou aprovação aos católicos LGBT+ de Westminster, em um importante sinal de boas-vindas e inclusão no âmbito da diocese, não apenas como indivíduos, mas como uma comunidade que está em casa na Igreja. Durante uma recepção depois da missa, o cardeal confraternizou com vários paroquianos da Igreja de Farm Street e membros da congregação, bem como alguns refugiados e requerentes de asilo LGBT+ que recebem apoio do Conselho Pastoral de Católicos LGBT+ de Westminster.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cardeal Nichols, de Londres, celebra missa acolhendo católicos LGBT+, pais e familiares - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV