Governadores do NE citam “vazio assistencial” no Mais Médicos em carta de prioridades a Bolsonaro

Revista ihu on-line

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Mais Lidos

  • Sob o império do grosseiro e do obsceno

    LER MAIS
  • Quem são os “idiotas úteis”?

    LER MAIS
  • Papa aceita pedido de demissão do bispo brasileiro Dom Vilson, de Limeira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

22 Novembro 2018

Os governadores dos estados da região Nordeste, única região em que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi derrotado por Fernando Haddad (PT), realizaram uma reunião nesta quarta-feira (21) para definir os assuntos prioritários como demanda para o próximo governo.

A reportagem é de Isabella Macedo, publicada por Congresso em Foco, 21-11-2018.

Um pedido de audiência no Palácio do Planalto em 2019, já no governo Bolsonaro, foi formalizado pelos gestores, e um dos temas prementes fala em “vazio assistencial” depois da crise no programa Mais Médicos – decorrência de críticas do próprio Bolsonaro.

A reunião dos governadores com Bolsonaro foi fechada e realizada durante a manhã, em Brasília, para definir os temas prioritários reunidos em carta (veja a íntegra e as assinaturas). O documento tem alguns pontos em comum com o que foi produzido na reunião de 19 governadores eleitos e reeleitos, realizado na semana passada (leia mais abaixo).

O documento, dirigido a Bolsonaro, será entregue ao futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, na reunião do Fórum dos Governadores, marcada para o dia 12 de dezembro. Ainda não há previsão de que Bolsonaro participe da reunião dos governadores no próximo mês.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governadores do NE citam “vazio assistencial” no Mais Médicos em carta de prioridades a Bolsonaro - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV