Dom Scicluna à frente da organização da reunião dos presidentes das Conferências Episcopais para tratar da questão dos abusos?

Revista ihu on-line

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

Mais Lidos

  • As sete antífonas do 'Ó': celebrando o mistério da vinda de Jesus

    LER MAIS
  • Dowbor: há saída no labirinto capitalista?

    LER MAIS
  • A vida secreta das árvores e o déficit de natureza

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

14 Novembro 2018

De acordo com uma leitura de fontes autorizadas, a nomeação, nessa terça-feira, 13, de Dom Charles Scicluna como secretário adjunto da Congregação para a Doutrina da Fé, poderia ter a ver com a próxima reunião dos presidentes das Conferências Episcopais, que será realizada, por vontade expressa do Santo Padre, de 21 a 24 de fevereiro de 2019, no Vaticano.

A nota é de Il Sismografo, 13-11-2018. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Pode-se supor que Dom Scicluna, que manterá o atual cargo de arcebispo de La Valletta (Malta) e é um dos especialistas mais autorizados e conhecidos da Igreja no âmbito dos abusos sexuais, terá entre as suas primeiras tarefas a de dar forma ao encontro que poderá se realizar em pouco mais de 100 dias e do qual participarão pelo menos 127 prelados presidentes de episcopados dos cinco continentes.

Se essa hipótese se confirmar, o que atualmente é bastante provável, isso significa que a reunião de fevereiro não será algo ritual ou acadêmico, algo que se temia em alguns setores da Igreja.

Nesse ponto, pode-se imaginar uma decisão do Papa Francisco muito forte para que, com a experiência e os conhecimentos de Dom Scicluna, se possa realizar um encontro de grande importância e destaque para o futuro da Igreja na luta e prevenção da pedofilia clerical.

Dom Scicluna, no seu retorno à Congregação para a Doutrina da Fé, onde, nos últimos anos, tivera responsabilidades importantes, encontrará um amigo e colaborador, Mons. Jordi Bertomeu, com quem trabalhou durante as duas visitas ao Chile no início deste 2018.

Presidentes dos Episcopados:

Igrejas Católicas Orientais – 15
África – 34
América – 25
Ásia – 17
Europa – 32
Oceania – 4

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dom Scicluna à frente da organização da reunião dos presidentes das Conferências Episcopais para tratar da questão dos abusos? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV