Relações luterano-católicas: “Um impulso irreversível”, segundo a Federação Luterana Mundial

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Nunca se viu no Brasil um governo tão abençoado pelas igrejas

    LER MAIS
  • Cardeal Hollerich “está aberto” ao sacerdócio das mulheres

    LER MAIS
  • "A REPAM é fazer conectar aquilo que é comum de todos". Entrevista com João Gutemberg Sampaio, novo secretário executivo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


10 Junho 2018

Luteranos alemães se encontram com Igreja-membro da Federação Luterana Mundial (FLM) e o Papa Francisco na Itália.

A reportagem é da Federação Luterana Mundial, 06-06-2018. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

“Experimentamos um grande encorajamento com a jornada ecumênica de luteranos e católicos em todo o mundo”, disse o presidente do Comitê Nacional Alemão (CNA/FLM) da Federação Luterana Mundial (FLM), bispo Gerhard Ulrich, após uma audiência privada do comitê com o Papa Francisco.

“Com a ajuda de Deus, esperamos um futuro voltado à superação plena das divergências. Devemos seguir em frente”, disse o Papa Francisco à delegação luterana alemã, de acordo com o Vaticano. “A Comemoração comum da Reforma nos confirmou que o ecumenismo continuará marcando o nosso caminho. Devemos caminhar, prosseguir: não com o ímpeto de correr para ganhar metas ambiciosas, mas caminhando juntos com paciência, sob o olhar de Deus”.

Ambos identificaram questões da eucaristia e do ministério da Igreja como tópicos a serem abordados agora em nível global. “Esses são temas centrais que serão profundamente trabalhados pela FLM e pelo Vaticano, para que possam ser seguidos por resultados que serão eficazes em todo o mundo”, disse o bispo Ulrich.

A audiência com o Papa Francisco fez parte de uma jornada de encontros do CNA/FLM na Itália, entre os dias 2 e 7 de junho de 2018. O bispo Dr. Karl-Hinrich Manzke, de Schaumburg-Lippe, secretário para os assuntos ecumênicos da Igreja Luterana Evangélica Unida da Alemanha, também faziam parte da delegação. Cordelia Vitiello, membro do Conselho da FLM, da Igreja Evangélica Luterana da Itália (Celi), acompanhou o grupo.

Trabalho diaconal conjunto

Durante a audiência com o Papa Francisco, o bispo Ulrich recordou a Comemoração Conjunta Católica-Luterana da Reforma em 31 de outubro de 2016, em Lund, Suécia, co-organizada pelo Papa Francisco e pela liderança da FLM: “O espírito de Lund, o espírito ecumênico da comemoração da Reforma, liberou um impulso que é irreversível e que nos chamará a agir juntos depois de 2017”.

Além disso, o bispo Ulrich mencionou com apreço que a FLM e a Caritas Internationalis se comprometeram durante a Comemoração Conjunta em Lund e Malmö a expandirem seu trabalho diaconal conjunto. Em vez de presentear o Papa Francisco, ele prometeu apoiar o trabalho da FLM e da Cáritas no Nepal, onde um projeto de três anos está sendo preparado para o empoderamento das mulheres. Essa ação conjunta é “um maravilhoso sinal da nossa jornada juntos e um retumbante louvor a Deus”, disse o bispo Ulrich.

As questões teológicas e as relações ecumênicas também foram o foco das conversas com o Mons. Matthias Türk, do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, e o arcebispo Luis Ladaria, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.

Além do diálogo global luterano-católico, a delegação do CNA/FLM também discutiu assuntos ecumênicos na Alemanha com os representantes do Vaticano, entre eles a questão da eucaristia compartilhada para casais interconfessionais na Alemanha.

O programa em Roma também incluiu encontros com a Comunidade de Santo Egídio, assim como um rito na Christuskirche luterana em Roma. Depois, o grupo continuou sua viagem para Nápoles, para visitar congregações e projetos diaconais da Igreja Evangélica Luterana da Itália, membro local da FLM.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Relações luterano-católicas: “Um impulso irreversível”, segundo a Federação Luterana Mundial - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV